Band Vale

Empresa de Taubaté, que consta como responsável por helicóptero com cocaína que caiu no Paraguai, diz que aeronave foi vendida

Empresa SPE 8 MZ diz que venda foi comunicada à ANAC no dia 11 de outubro

Redação Band Vale 21/10/2021 • 14:32
Empresa de Taubaté, que consta como responsável por helicóptero com cocaína que caiu no Paraguai, diz que aeronave foi vendida
Empresa de Taubaté, que consta como responsável por helicóptero com cocaína que caiu no Paraguai, diz que aeronave foi vendida
Divulgação/Polícia Civil

A empresa SPE 8 MZ, do ramo imobiliário e com sede em Taubaté, divulgou nota sobre a polêmica do helicóptero que caiu com 246 quilos de cocaína na divisa entre o Mato Grasso do Sul e o Paraguai na última quarta-feira (20). Duas pessoas morreram no acidente.

De acordo com a Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), a aeronave é de propriedade da SPE 8 MZ. De acordo com a nota, no entanto, a empresa firmou a venda da aeronave em julho deste ano.

A documentação da negociação para o repasse à nova empresa, de acordo com a nota da SPE, foi realizada no dia 11 de outubro. “Estando também protocolada a documentação da transferência na ANAC desde 14.10.2021”.

O jornalismo da Band entrou em contato com a Anac solicitando as informações atualizadas sobre a propriedade da aeronave. Essa reportagem será atualizada com o posicionamento da Anac.