Band Vale

Sérgio Hondjakoff, o 'Cabeção da Malhação', está entre internos que viviam em suposto cárcere privado em clínica de Pindamonhangaba

Ator gravou vídeo negando a internação; nome do ator consta no Boletim de Ocorrência

Redação Band Vale, com Vale Urgente 05/08/2021 • 11:38 - Atualizado em 05/08/2021 • 16:33
Sérgio Hondjakoff estava internado em clínica que foi fechada em Pindamonhangaba
Sérgio Hondjakoff estava internado em clínica que foi fechada em Pindamonhangaba
Cristian Rizzi/Folhapress

O ex-ator da TV Globo, Sérgio Hondjakoff, 36 anos, estava entre os 46 pacientes internados em um clínica alvo de operação policial em Pindamonhangaba na última quarta-feira (03). As informações são de Rauston Naves, do Vale Urgente.

O ator gravou um vídeo em que nega a internação (veja o vídeo no final da matéria). O  jornalismo da Band, no entanto, teve acesso ao Boletim de Ocorrência, que mostra o nome de Sérgio Francisco Hondjakoff Mendonça entre os pacientes.

A ação do Ministério Público e da Polícia Civil investiga um possível cárcere privado e constrangimento praticado pelos responsáveis pelo local contra os internos.

Segundo o MP, grande parte dos pacientes estavam na clínica contra a vontade própria e sem a devida autorização da justiça.

O ator que ficou conhecido por interpretar o personagem "Cabeção", na série Malhação da TV Globo foi libertado com outras 45 pessoas que estavam em quartos trancados pela parte externa.

Sérgio Hondjakoff, iniciou a carreira com quatro anos de idade atuando em comerciais de TV, passou pela escolinha do professor Raimundo, pela TV Manchete, em 1998 atuou como filho de José Mayer na novela "Meu bem querer", mas foi em 2002 que ganhou grande destaque por seis temporadas como "Arthur", chamado de "Cabeção", na série Malhação da TV Globo.

O local onde o ator estava internado foi fechado por tempo indeterminado. Durante vistoria irregularidades foram encontradas pela polícia e pela Vigilância Sanitária.

Os pacientes relataram ainda que a clínica impedia o contato deles com seus familiares e teria cobrado taxa para que fossem vacinados contra a COVID-19.

De acordo Ministério Público, a clínica tem um histórico de denúncias de irregularidades, tendo havido a propositura de ação penal por conta disso.

Os responsáveis pelo local foram levados para delegacia onde foram presos suspeitos de cárcere privado/sequestro e constrangimento.

Ator nega internação

Em um vídeo postado em sua conta pessoal do instagram durante a tarde desta quinta-feira, Sérgio Hondjakoff nega a internação e diz que estava em Resende, com sua família materna.

“Estou com a minha mãe, em Resende, curtindo essas férias de inverno. Olha aqui, meu cárcere privado, essa vista maneira, maravilhosa. Estou perto da minha avó, que já está velhinha, da minha tia também, minha família materna”.