BandNews FM

Anvisa estende validade da vacina da Janssen por mais um mês

A decisão da agência amplia validade de três milhões de doses que chegam nesta semana ao Brasil

14/06/2021 • 15:26 - Atualizado em 14/06/2021 • 16:45
Vacina contra Covid-19 da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson
Vacina contra Covid-19 da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson
Foto: Reuters / Eric Seals

O Ministério da Saúde afirma que os três milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, devem sofrer atraso.  

A remessa foi prometida para esta terça-feira, mas houve um atraso na logística nos Estados Unidos.

Inicialmente, a validade seria no dia 27 de junho.

No entanto, nesta segunda-feira (14) a Anvisa estendeu a validade até o fim do mês que vem.

De acordo com o ministério, a distribuição deve ocorrer em até 48 horas depois da chegada. Assim, a expectativa é que entre sexta-feira (18) e sábado (19) todas as doses sejam entregues às capitais.

As doses vêm dos Estados Unidos e chegarão ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

A farmacêutica não divulgou previsão de mais entregas, mas afirmou que continua em contato com o Ministério da Saúde “com o objetivo de disponibilizar a vacina no país o quanto antes.”

As doses da Janssen estão autorizadas para uso emergencial desde 31 de março de 2021.

Essa vacina é a única do mundo que garante imunização completa com aplicação de apenas uma dose.

Confira a notícia:

  • Vacina
  • Johnson & Johnson
  • Covid-19