Notícias

1,8% da população maior de idade no Brasil é homossexual ou bissexual, diz IBGE

Dados são de 2019; é a primeira vez que o Instituto investiga a orientação sexual autodeclarada dos brasileiros

Gabriela Morgado, Andrezza Buzzani 25/05/2022 • 12:50 - Atualizado em 25/05/2022 • 12:52
1,8% da população maior de idade no Brasil é homossexual ou bissexual, diz IBGE
1,8% da população maior de idade no Brasil é homossexual ou bissexual, diz IBGE
Tânia Rego/Agência Brasil

Um percentual de 1,8% da população com 18 anos ou mais no Brasil se declarou homossexual ou bissexual em 2019, um total de 2 milhões e 900 mil pessoas. Mais de 94% disseram ser heterossexuais. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (25) pelo IBGE. Essa é a primeira vez que o Instituto investiga a orientação sexual autodeclarada dos brasileiros. Até o momento, os únicos dados relacionados, disponibilizados pelo órgão, correspondiam a casais do mesmo sexo.

A medida foi tomada, após o Ministério Público Federal entrar com ação na Justiça Federal no Acre, obrigando a inclusão de campos para identificação de identidade de gênero e orientação sexual nos questionários do Censo Demográfico. Mas o IBGE argumentou que o Censo não seria a pesquisa adequada, porque permite que o morador de uma residência responda também pelos outros moradores do domicílio.

Os indicadores foram inseridos portanto no módulo de atividade sexual da Pesquisa Nacional de Saúde, em parceria com o Ministério da Saúde. Segundo o IBGE, a escolha ocorreu por causa do alcance da pesquisa, do formato de questionário individual e da orientação para a preservação da identidade do informante.  

A maior parte da população adulta que se autodeclarou homossexual ou bissexual em 2019 tinha de 18 a 29 anos. Ao mesmo tempo, o porcentual de pessoas que não quiseram ou não souberam informar a orientação sexual também foi maior entre o grupo mais jovem. Para a coordenadora da Pesquisa Nacional de Saúde, Maria Lucia Vieira, o resultado pode estar relacionado ao processo de entendimento da orientação sexual.  

A pesquisa também mostrou que 3,2% das pessoas com nível superior completo se declararam homossexuais ou bissexuais. Já aquelas que disseram não saber a orientação sexual ou se recusaram a responder foi maior entre aquelas com nível de instrução abaixo do superior completo.

O IBGE alerta que a investigação está em fase experimental. Ainda assim, de acordo com a pesquisa, os resultados obtidos foram consistentes com aqueles apurados por outros países.

Segundo o IBGE, a coleta dessa informação na PNS atende à Política Nacional de Saúde Integral LGBT, de dezembro de 2011.