Notícias

Corpo de Danuza Leão será cremado nesta sexta-feira

A ex-modelo, jornalista e escritora morreu nesta quarta-feira (22), vítima de insuficiência respiratória

João Gabriel Peres* 23/06/2022 • 18:43 - Atualizado em 23/06/2022 • 18:44
Danuza foi a primeira modelo brasileira a desfilar fora do país
Danuza foi a primeira modelo brasileira a desfilar fora do país
Reprodução/Redes Sociais

Será cremado na sexta-feira (24), às 16h, o corpo da ex-modelo, jornalista e escritora Danuza Leão, de 88 anos. Ela morreu nesta quarta-feira (22) na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio, onde estava internada, devido a um enfisema pulmonar. Danuza morreu por insuficiência respiratória.

A artista entrou para a história como uma das personalidades mais marcantes da sociedade carioca do século 20.

Irmã de Nara Leão, ela viu surgir a bossa nova no apartamento onde morava com a família. Além disso, Danuza foi a primeira modelo brasileira a desfilar fora do país.

*Estagiário sob supervisão de Isabele Rangel