Notícias

Idoso é agredido em Copacabana quando tentava defender mulher

Vítima estava indo para academia quando foi atingido com um soco no rosto

Por

Imagens de câmeras de segurança mostram os agressores
Imagens de câmeras de segurança mostram os agressores
Reprodução
Topo

O idoso agredido durante um arrastão em Copacabana na Zona Sul do Rio, tentou proteger uma mulher que foi abordada por mais de dez menores.  

Marcelo Rubim Benchimol, de 67 anos, estava indo para academia quando foi atingido com um soco no rosto. Ele ficou desacordo, enquanto os criminosos levaram a carteira e o celular dele.

O caso aconteceu no sábado (2), na Avenida Nossa Senhora de Copacabana. Imagens de câmeras de segurança mostram que os agressores aparecem de forma alternada na calçada e tentam levar a bolsa de uma mulher, que corre depois de sentir encurralada.

Segundo Marcelo, foi nesse momento que ele tentou impedir a ação.  

O  comerciante  sofreu ferimentos  no rosto e precisou  ser socorrido para UPA de Copacabana, onde recebeu os primeiros atendimentos e foi liberado. Nesta segunda-feira (4), ele passou por novos exames.

Moradores da região desabafam que já não aguentam mais episódios como o que aconteceu com o Marcelo.

Em nota, a Polícia Militar disse que foi acionada para uma ocorrência na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, e de acordo com o comando da unidade, durante patrulhamento no local, os agentes se depararam com a vítima no solo.  

Segundo o porta voz da PM, o coronel Marco Andrade, a cada 4 pessoas que comentem roubo e furto, uma delas é reincidente. Em geral, o criminoso é preso ou apreendido e liberado logo em seguida. Segundo ele, em Copacabana, a reincidência é de 32 por cento.

De acordo com a Polícia Militar afirmou ainda que, desde que a Operação Verão teve início, em setembro, 239 pessoas foram conduzidas para a delegacia. Dessas, 127, entre menores ou maiores, ficaram presas ou apreendidas.

Procurada, a Polícia Civil informou que analisa as imagens de câmeras de segurança para tentar identificar os autores do crime. O idoso esteve em uma delegacia para prestar depoimento.

Tópicos relacionados