Notícias

Suspeito de envolvimento na morte de família dentro de carro em Niterói é preso

Wesley Pires da Silva Sodré foi responsável por marcar o encontro com Filipe, quando ele foi morto com esposa e filho

Por Clara Nery

As três vítimas estavam em um carro alugado
As três vítimas estavam em um carro alugado
Reprodução/Arquivo Pessoal

Um homem é preso temporariamente acusado da morte da família que foi baleada dentro do próprio carro em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Filipe Rodrigues, de 24 anos, e Rayssa dos Santos Ferreira, de 23, morreram na hora. O filho deles, Miguel Filipe dos Santos Rodrigues, de apenas 7 meses, foi atingido na cabeça e no joelho e chegou a ser operado, mas não resistiu.

Segundo a Delegacia de Homicídios, Filipe fingia ser policial militar e teria passado detalhes sobre um informante para um traficante. Com esse esquema, a vítima tentava levantar dinheiro para quitar uma dívida.

De acordo com os investigadores, Wesley Pires da Silva Sodré, preso na manhã desta quarta-feira (03), foi o responsável por marcar o encontro com Filipe, quando ele foi morto com esposa e filho.

As três vítimas estavam em um Voyage branco alugado de uma locadora quando, em frente a um ponto de ônibus na Estrada Bento Pestana, no bairro Baldeador, em Niterói, quando criminosos armados abriram fogo

Tópicos relacionados