Economia

Banco Central retomará "Valores a Receber" em 14 de fevereiro

Serviço que permite resgatar dinheiro "esquecido" foi suspenso temporariamente devido ao alto volume de acessos

da Redação 28/01/2022 • 06:37 - Atualizado em 29/01/2022 • 14:16

O Banco Central do Brasil informou que o "Valores a Receber", serviço que permite ao cidadão consultar valores “esquecidos” em bancos e instituições financeiras, voltará a funcionar no dia 14 de fevereiro. O sistema foi lançado no dia 24 de janeiro, mas, devido ao alto volume de acessos, saiu do ar e precisou ser suspenso temporariamente. 

Segundo o BC, por três semanas, a funcionalidade dentro do sistema Registrato permitirá apenas consultas. Os pedidos de transferência dos valores só poderão ser agendados a partir de 7 de março.

"O BC informa que, a partir de 14/02/2022, o cidadão poderá consultar se têm algum valor a receber. Em caso positivo, será imediatamente informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta. Essas solicitações de transferências poderão ser agendadas a partir de 07/03/2022, na data informada pelo sistema”, informou em nota.

Valores a Receber

O "Valores a Receber" é um serviço do Banco Central que possibilita que pessoas físicas e jurídicas consultem se têm algum dinheiro "esquecido" em bancos e outras instituições financeiras.

Um levantamento feito em 2021 mostrou que clientes tinham cerca de R$ 8 bilhões para receber dos bancos. De acordo com o BC, muitos não sabem ou não se lembram desses valores, recursos de cobranças indevidas ou remanescentes de contas antigas e/ou encerradas. 

Nos dois primeiros dias de funcionamento da ferramenta, correntistas resgataram R$ 900 mil. Cerca de 79 mil pessoas consultaram o sistema e houve 8,5 mil pedidos de devolução de recursos.