Economia

Bolsonaro diz que Brasil terá um dos combustíveis mais baratos do mundo

Em Salvador, Bolsonaro também criticou governadores que entraram com ação no STF contra a redução do ICMS sobre combustíveis

Édrian Santos 02/07/2022 • 11:26 - Atualizado em 02/07/2022 • 11:42

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, neste sábado (02), que o Brasil terá um dos combustíveis mais baratos do mundo devido às medidas de redução de impostos defendidas pelo governo. Uma delas tem a ver com o limite de até 18% do ICMS (imposto estadual) sobre serviços essenciais, como a gasolina e diesel.

“Nós teremos, brevemente, assim como eu já baixei ou zerei a maioria dos impostos federais, um dos combustíveis mais baratos do mundo”, discursou Bolsonaro na orla de Salvador.

O presidente aproveitou para criticar os governadores do Nordeste que entraram com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei que limita o ICMS sobre os combustíveis. Bolsonaro chamou a postura dos estados de inadmissível.

“Lamento que os nove governadores do Nordeste tenham entrado na Justiça contra a redução de impostos na gasolina. Isso é inadmissível. Numa região do nosso país, os governadores dizem que ajudam os mais pobres, mas, quando chega a hora, fazem exatamente o contrário. Vamos acreditar que a Justiça não dará ganho de causa a essas pessoas”, disse Bolsonaro.

Após o discurso perto do Farol da Barra, por volta das 9h, Bolsonaro iniciou uma motociata com apoiadores e lideranças políticas na Orla Atlântica de Salvador.

Lula, Ciro e Tebet em Salvador

A cerca de 5 km de onde discursou o presidente, está o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que participa de evento sobre os 199 anos da adesão da Bahia à Independência do Brasil. O petista fez cortejo nas ruas de Salvador e discursará na Arena Fonte Nova.

Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) também estiveram na capital baiana. Inclusive, ambos se cumprimentaram no evento oficial do 2 de Julho. O cearense chamou o encontro de “convivência harmônica e respeitosa”.