Masterchef

Rebeca, Keila e Eduardo são eliminados na estreia do MasterChef Profissionais

Já na estreia da 5ª temporada do MasterChef Profissionais, três competidores deixaram a cozinha do programa – leia entrevistas exclusivas

Aline Naomi

Rebeca, Keila e Eduardo são eliminados na estreia do MasterChef Profissionais
Melissa Haidar/Band

O MasterChef Profissionais estreou nesta terça-feira (12) com os pés no peito, como diria o chef Henrique Fogaça. Logo no primeiro episódio, os 14 participantes enfrentaram três grandes desafios: na primeira prova, tiveram que cozinhar com pé de galinha; depois, serviram pratos com ingredientes enlatados e, por último, reproduziram dois menus elaborados por Fogaça, servindo 30 convidados.  

Em cada uma dessas etapas, um cozinheiro teve que se despedir do MasterChef Profissionais. Rebeca, Keila e Eduardo foram os eliminados da noite e, em entrevistas exclusivas ao Band.com.br, falaram sobre como se sentiram deixando a competição. Eles revelam, ainda, se algo mudou após a curta, mas significativa passagens pelo programa. 

Rebeca: "Já me sinto vitoriosa" 

Mesmo sendo a primeira eliminada da temporada, Rebeca faz um balanço positivo de sua participação no MasterChef. Em pouco tempo, ela realizou o sonho de estar no programa, conheceu seu ídolo, Fogaça, e mudou a percepção que tem sobre si mesma. "Foi só no programa que eu me senti uma chef profissional", revela na conversa.  

Para Rebeca, finalmente se nomear como uma chef profissional representa uma mudança muito significativa. "A minha mente já está mudando, a forma com que eu vou começar a fazer as coisas vai mudar", analisa. "Fiquei feliz com a experiência. Eu já me sinto vitoriosa!" 

A parte mais emocionante na cozinha do MasterChef foi, sem sobra de dúvidas, ver Fogaça pessoalmente. "Eu não desmaiei porque eu tinha que ficar na postura", brinca ao relembrar o momento em que o chef entrou pela porta. "Achei legal o contato, falar com ele. Eu admiro todos os trejeitos dele, então vê-lo de perto foi bem emocionante."  

Apesar de ter deixado o trabalho para estar no MasterChef, Rebeca não se arrepende da decisão, mesmo tendo sido eliminada tão cedo da competição. "Cara, eu não senti remorso. Vão vir muitas ofertas para mim, era o meu sonho, então eu vou fechar esta porta para abrir várias outras", declara.  

Keila: "O sonho acabou" 

"Frustração", define Keila ao falar como se sente após sua eliminação. Ela fez uma alcachofra grelhada com picles de beterraba e purê de grão-de-bico, mas a textura do segundo não agradou aos jurados. "Eu tive tempo para poder bater esse purê, mas eu não quis deixar as panelas lá para pegar o liquidificador, e foi onde eu quebrei a cara", desabafa.  

A frustração também vem com o fato de ter deixado a competição logo no início. "Não tive tempo de mostrar o meu trabalho, não consegui mostrar quem eu sou como profissional", diz chateada. "Dá uma sensação de que o sonho acabou, de que você não conseguiu... Você fica: 'Poxa vida, será que eu sou tão boa quanto eu achava que eu era?' É triste." 

Keila diz que era um sonho estar no MasterChef e lembra a sensação de entrar na cozinha do programa pela primeira vez. "A emoção é maior do que a gente imagina. É muito lindo, maravilhoso. É a sensação de estar pisando em uma arena", relembra. E mesmo com a eliminação, ela espera que sua participação a ajude nos negócios — mas fica um aviso aos futuros clientes. "Não me peçam grão-de-bico", brinca.  

Eduardo tem a “consciência tranquila” 

Com 23 anos de experiência na gastronomia, Eduardo foi eliminado no terceiro desafio da noite. Apesar de ter ficado triste com a saída, ele se diz tranquilo. “A ideia era entregar um trabalho de coração, o que foi feito na verdade, só que as dificuldades não deixaram eu fazer aquilo que, profissionalmente, eu gostaria”, desabafa.  

O cozinheiro comenta que, em seu restaurante, costuma trabalhar de forma muito tranquila e tentou aplicar isso ao liderar a prova. É com esse argumento que ele justifica não ter sido mais duro com os colegas. “Desconhecer a cozinha e o menu já traz uma carga de estresse por si só”. 

Religioso, o chef diz que vê sua saída como algo que estava nos planos de Deus. “Eu sou um cristão convicto. Eu posso ter perdido [no MasterChef], mas pode ser uma derrota momentânea e, ali na frente, uma vitória”, afirma. “Esse contexto me traz paz. Reconheço as minhas falhas no processo, mas trato isso com a consciência tranquila.” 

Mesmo sabendo que pode ser visto como um mau profissional, Eduardo se apega ao fato de que essa derrota específica não caracteriza seus anos de profissão. Ele ainda adiciona que, mesmo com a eliminação, não se arrepende de nada e não fica chateado com Cintia, Rozana e Yuri por terem criticado sua liderança.  

Ainda que tenha ficado pouco tempo no MasterChef, ele se sente orgulhoso por ter mantido seus valores e crenças — pessoais e profissionais — no programa. “Graças a Deus eu não mudei. Isso foi uma marca fundamental para mim. Era uma preocupação minha e, graças a Deus, eu saí daqui sendo a mesma pessoa”, celebra. Boa sorte, Eduardo! 


O que rolou no 1º episódio do MasterChef Profissionais? 

Foi dada a largada! 

Nesta terça-feira (19), a cozinha do MasterChef recebeu os 14 participantes profissionais que disputarão o troféu da 5ª temporada. Com Fogaça de volta ao time de jurados, os competidores enfrentaram três desafios neste episódio. Em cada um deles, uma pessoa foi eliminada.  

Na primeira prova, o desafio foi cozinhar um prato saboroso com pé de galinha em uma hora. Franklin foi o primeiro vencedor da temporada e subiu ao mezanino com Bárbara, Raquel e Moisés. Rebeca, por sua vez, foi a primeira eliminada da noite, enquanto Cintia e Yuri ficaram para mais uma prova de eliminação.  

Cozinhando com enlatados 

Na segunda etapa, os cozinheiros tiveram que se virar com uma cesta de enlatados. Todos os produtos estavam cobertos por tinta e não tinha como saber o que era cada um. Além de entregar um prato gostoso, a prova também envolveu estratégia, afinal é melhor abrir todas as latas ou arriscar com apenas algumas delas? 

Para os jurados, o melhor prato desta etapa foi o de Vinicius. Com ele, subiram também ao mezanino Bruna, Bruno e Tarek. Enquanto Keila foi eliminada, Rozana e Eduardo ficaram para a prova de eliminação. 

Prova de serviço do Fogaça 

Ele voltou! E voltou colocando pressão nos cozinheiros do MasterChef Profissionais. Cintia, Eduardo, Rozana e Yuri tiveram que preparar dois menus elaborados por Fogaça e servir 30 convidados, em sua maioria da área gastronômica. Para isso, os quatro escolheram Eduardo para chefiar o grupo. 

A prova, no entanto, foi um caos. Os pratos ficaram fora do padrão e muitos deles não estavam saborosos. Para a equipe, faltou o pulso firme de Eduardo na hora de dar as ordens durante a prova. Sendo assim, os jurados eliminaram o cozinheiro da competição.