Melhor da Tarde

Milton Neves revela golpe de R$ 17 mi de ex-funcionário: "Me roubou por 18 anos"

Em entrevista à Catia Fonseca, no "Melhor da Tarde" exibido nesta sexta-feira (1), o apresentador do "Terceiro Tempo" da Band contou que foi vítima de um golpe dado por um antigo funcionário e descoberto no ano passado

Da Redação 02/07/2022 • 14:58 - Atualizado em 03/07/2022 • 14:38

Milton Neves perdeu R$ 17 milhões de suas contas bancárias. O apresentador do “Terceiro Tempo” da Band recebeu Catia Fonseca em sua mansão de 7 andares e 5 mil metros quadrados, na Grande São Paulo. No programa exibido nesta sexta-feira (1), o jornalista revelou que foi vítima de um golpe dado por um antigo funcionário e descoberto no ano passado.  (Assista ao trecho no vídeo acima).

"No início, o rombo tinha sido estimado em R$ 2,5 milhões, mas o valor foi "rentabilizado" e quase chegou aos R$ 20 milhões: "Ele me roubou por 18 anos", contou.

Milton disse ainda que o rapaz era seu braço direito e conterrâneo da cidade de Muzambinho, no sul de Minas Gerais. "Fui padrinho de formatura da classe dele e ele era filho de uma colega. Estava desempregado e a mãe procurou uma prima para me pedir um trabalho. Arrumamos um emprego. Botei um vampiro para cuidar do meu banco de sangue, então ele me roubou devagarzinho", afirmou.

Galeria de Fotos

Conheça a mansão de 7 andares de Milton Neves
1/10

Veja como é mansão de Milton NevesReprodução/Band
Veja como é mansão de Milton NevesReprodução/Band
Veja como é mansão de Milton NevesReprodução/Band
Veja como é mansão de Milton NevesReprodução/Band
Veja como é mansão de Milton NevesReprodução/Band
Milton Neves recebe Catia FonsecaReprodução/Band
Camisa da seleção brasileira assinada por PeléReprodução/Band
Uma das adega na mansãoReprodução/Band
Milton, chef Ravioli e CatiaReprodução/Band
Milton Neves recebe Catia FonsecaReprodução/Band

O apresentador do “Terceiro Tempo” falou ainda sobre carreira, futebol, ídolos e da saudade da esposa, Lenice, que faleceu em 2020 vítima de câncer no pâncreas.

Assista à entrevista completa no vídeo abaixo.