Fórmula 1

Foto confirma que falha em freio causou acidente de Leclerc com Ferrari de Lauda

Monegasco guiava carro de 1974 do austríaco quando perdeu os freios e bateu na famosa curva Rascasse

Da redação 16/05/2022 • 12:09 - Atualizado em 16/05/2022 • 12:57
Leclerc bate carro de Lauda após perder freios
Leclerc bate carro de Lauda após perder freios
GP Mônaco Histórico

Uma foto revelada pelo “Motorsport Itália” confirma a afirmação de Charles Leclerc de que teria perdido os freios no acidente que sofreu com a Ferrari 312 B3 de 1974, de Niki Lauda, durante uma exibição em Mônaco, neste fim de semana. 

A imagem mostra pedaços da pastilha de freio se soltando do carro pouco antes de o monegasco frear e perder o controle do carro na famosa curva Rascasse. 

Leclerc participava do GP Histórico de Mônaco, em que carros clássicos da F1 fazem uma corrida de exibição, mas acabou batendo com a Ferrari de Lauda na aproximação da Rascasse. Sem conseguir frear, o piloto rodou e bateu com a traseira no muro, destruindo o aerofólio do carro. 

O piloto da Ferrari, que nasceu e cresceu em Mônaco, vem colecionando uma série de infortúnios no principado desde que estreou na F1. 

No ano de estreia, em 2018, o piloto também ficou sem freios e bateu com a Sauber na traseira da Toro Rosso de Brendon Hartley. Em 2019, já na Ferrari, o piloto largou em 15º por um erro da Scuderia e teve diversos problemas no carro, abandonando a prova. E em 2021, apesar da pole, o piloto bateu no treino classificatório e precisou abandonar a corrida antes mesmo da largada.