Fórmula 1

Mansell embolsa R$ 43 milhões com a venda de dois carros clássicos da F1

Um dos modelos é a Williams FW14, famosa por carona a Senna na temporada de 1991

Da redação 19/05/2022 • 11:28 - Atualizado em 21/05/2022 • 10:18
Nigel Mansell vende carros históricos
Nigel Mansell vende carros históricos
Reuters

Desapegado, Nigel Mansell acaba de ficar R$ 43 milhões (7 milhões de libras) mais rico ao vender dois carros clássicos que guiou em sua passagem na F1 e que faziam parte da coleção particular do britânico. 

O primeiro carro icônico a ser vendido foi o Williams FW14, usado por Mansell na temporada 1991, e que ficou famoso por ter levado Ayrton Senna de carona após ao brasileiro ficar sem gasolina no GP da Inglaterra daquele ano. 

A máquina, que ajudou o “Leão” a conquistar cinco vitórias e o vice-campeonato da temporada foi arremetida por nada menos que R$ 21 milhões (3,45 milhões de libras). 

O segundo modelo foi o Ferrari 640, guiado pelo britânico em 1989, e arrematado por R$ 22 milhões (3,6 milhões de libras). Com o 640, Mansell venceu a corrida de abertura da temporada, no Brasil, e também o GP da Hungria daquele ano. Diferentemente da Williams, a Ferrari foi leiloada com motor e tudo.