Fórmula 1

Mercedes nega suposto toque de Hamilton em asa traseira da Red Bull

Equipe descarta incidente passível de punição em Barcelona

Da redação 25/05/2022 • 07:21 - Atualizado em 25/05/2022 • 08:03
Equipe descarta incidente passível de punição em Barcelona
Equipe descarta incidente passível de punição em Barcelona
Reprodução

Imagens publicadas nas redes sociais mostram o heptacampeão mundial circulando pelo parque fechado, após passar por um exame antidoping. Conforme uma gravação amadora, Hamilton passa por trás do carro do mexicano, mas não é possível afirmar se houve um toque.

“Lewis retornou ao paddock após seu exame antidoping e não tocou em nenhum carro”, informou um porta-voz da Mercedes, conforme publicado nesta quarta-feira (25) pelo site GrandPrix.com.

O incidente repercutiu entre fãs da Fórmula 1. Em 2021, Max Verstappen, da Red Bull, foi multado em 50 mil euros (cerca de R$ 260 mil) por tocar a asa traseira da Mercedes do britânico no Grande Prêmio de São Paulo.

O regulamento da categoria proíbe toques em carros no regime de parque fechado, durante um período que pode se estender por até duas horas. De acordo com o jornal holandês De Telegraaf, a Red Bull pediu à FIA que esclareça o incidente – o que, oficialmente, a equipe austríaca negou.