Fórmula 1

Rubinho Barrichello acompanha filho na estreia em Ímola: “Coração na boca”

Ex-piloto da F1 relembrou momentos na pista e falou da emoção de ver Dudu em ação

Da Redação 17/04/2021 • 10:05
Rubinho conversou ao vivo com Mariana Becker
Rubinho conversou ao vivo com Mariana Becker
Reprodução

Rubens Barrichello conversou ao vivo com Mariana Becker antes do treino classificatório do Grande Prêmio da Emilia-Romagna de Fórmula 1. Aposentado da categoria há quase dez anos, o piloto brasileiro está em Ímola por um motivo especial: acompanhar a estreia do filho, Dudu Barrichello, na Fórmula Regional by Alpine.

“É muito, mas muito mais difícil acompanhar o filho do que eu mesmo correr. O coração está na boca. Escuto ele falando no carro e gostaria de falar com ele, não faz isso, faz aquilo. Mas não seria benéfico. Agora mesmo ele está lá conversando com os engenheiros, mas se precisar de uma pitadinha eu volto”, brincou.

Rubinho, que será atração na tela da Band na Stock Car (a primeira etapa é no próximo final de semana, no dia 25), também relembrou momentos que viveu em Ímola - foi nesta pista em que ele sofreu um acidente gravíssimo dois dias antes de Ayrton Senna perder a vida em 1994.  

“Aqui eu sempre bati muito na porta (sobre nunca ter vencido). Na porta e na parede, no caso. É um sentimento de emoções aqui. Estamos vivendo um momento difícil, não posso nem entrar no paddock, mas ao mesmo tempo tenho gratidão por estar aqui. Lembro do pódio em 1999 com a Stewart, um momento muito bom. E o momento ruim graças a Deus nem me lembro bem. Não lembro da minha pancada e nem do acidente do Ayrton”, concluiu.

  • rubens barrichello
  • fórmula 1