Fórmula 1

Falha em DRS pode ter acabado com chance de pole de Verstappen na Espanha

Não abertura da asa móvel impediu holandês de melhorar tempo em segunda tentativa de volta rápida no Q3, neste sábado, em Barcelona

Da redação 21/05/2022 • 14:36 - Atualizado em 21/05/2022 • 15:20
Max Verstappen, na classificação do GP da Espanha
Max Verstappen, na classificação do GP da Espanha
F1

Uma falha na abertura da asa móvel (DRS) do carro de Max Verstappen impediu que o holandês melhorasse seu tempo na parte final da classificação do GP da Espanha, realizado neste sábado, em Barcelona. Contudo, o atual campeão da F1 não sabe dizer se esse fator foi fundamental para a perda da pole position para o rival Charles Leclerc. 

"É difícil dizer. Um monte de gente melhorou o tempo na segunda tentativa, o que é bem normal. Mas o meu DRS não abriu, então para mim parecia que eu tinha perdido potência por causa do arrasto. Mas, sim, é uma pena, já que pelo menos eu poderia ter a chance de ver o que dava para ter feito", explica Max. 

Apesar de ver a pole escapar, Verstappen ainda vai largar da primeira fila, já que o tempo dele foi suficiente para garantir o segundo lugar no grid. E o que mais deixa o piloto animado é o ritmo de corrida da Red Bull e a forma como o carro da equipe austríaca trata melhor os pneus que o carro da Ferrari, fator que foi decisivo na Emilia-Romagna e em Miami. 

"De forma geral esse fim de semana tem sido mais difícil de achar um bom equilíbrio no carro. Provavelmente (a Ferrari) trouxe atualizações que acabou ajudando em tempos de volta mais baixos. Mas vamos ver amanhã, acho que nosso ritmo de corrida é bom, então vamos ver se conseguimos andar mais perto deles", diz esperançoso. 

Max terá vida difícil na largada, já que o terceiro colocado é Carlos Sainz, também da Ferrari, e porque o companheiro Sergio Pérez está mais atrás, em quinto.

O GP da Espanha tem largada marcada para as 10h deste domingo. Confira aqui onde e como assistir à sexta etapa da temporada 2022 de F1.