Brasil Urgente

DJ Ivis é preso pela polícia do Ceará por agressões contra ex-mulher

Pamella Holanda divulgou imagens de violência doméstica no último dia 11 de julho

Carla Ramil, do Brasil Urgente 14/07/2021 • 17:42 - Atualizado em 14/07/2021 • 18:25

Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, foi preso preventivamente nesta quarta-feira (14), em um apartamento de sua família na cidade de Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza, após a divulgação dos vídeos de agressões do músico contra sua ex-mulher Pamella Holanda. 

Segundo os investigadores do caso informaram para a repórter Carla Ramil, do Brasil Urgente, a prisão preventiva foi efetuada para “garantia da lei e da ordem” porque o artista era “um risco à sociedade” por conta de seu temperamento. Além disso, uma das testemunhas relatou brigas onde houve ameaças usando facas e tesouras.

O governador do Ceará, Camillo Santana, anunciou a prisão pelas suas redes sociais. 

“Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, escreveu o governador em seu Twitter.

Empregada do casal disse que nunca presenciou agressões

A funcionária que trabalha há 3 anos na casa de DJ Ivis e Pamella Holanda prestou depoimento na Delegacia Metropolitana do Eusébio nesta quarta (14). Acompanhada de um advogado, Maria Vaneide da Silva disse que, embora o relacionamento dos dois fosse “conturbado”, ela nunca presenciou agressões

A empregada negou também que tenha visto o músico ameaçando a ex-mulher com uma faca. O caso foi revelado por Pamella em entrevista ao jornalista Leo Dias, exibida no programa Melhor da Tarde. Segundo o relato, no dia 2 de julho, ele a ameaçou quando estava tentando amamentar a filha de 9 meses.  

Advogado diz que amigo que presenciou agressões ficou "sem reação"

Um dos homens que aparece no vídeo das agressões do DJ Ivis contra Pamella Holanda foi ouvido pela polícia na última terça (13). Amigo e motorista do músico, Charles Barbosa confirmou as agressões. Na saída da delegacia, o advogado da testemunha disse que ele não tentou impedir o ataque do músico pela surpresa com a situação.

“Charles ficou completamente sem reação, primeira vez que ele tinha presenciado uma situação dessa natureza”, disse, descartando que a falta de ação diante dos ataques à Pamella por medo do músico. Ele negou o ataque de Ivis contra Pamella usando uma tesoura, apesar de um áudio vazado com mensagem de Charles ter dito isso.

Entenda o caso de agressão de DJ Ivis

Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, é acusado de agredir a ex-mulher Pamella Holanda. As imagens foram publicadas pela influencer nas redes sociais neste fim de semana. É possível vê-la levando puxões de cabelo, chutes na costela, socos na cabeça e no rosto diante da filha de apenas 9 meses na residência do casal, em Eusébio, na grande Fortaleza.

Exames de corpo de delito comprovaram as agressões através de laudo pericial. A Polícia Civil do Ceará está investigando o caso, que está sob segredo de Justiça. O Ministério Público solicitou uma medida protetiva para Pamella e para a filha, que foi concedida pelo Tribunal de Justiça do estado.

Segundo a Polícia, as últimas agressões ocorreram no dia 1º de julho, porém a vítima, a ex-esposa Pamella Holanda, registrou o caso em 3 de julho, não sendo possível lavrar o flagrante. 

Em suas redes sociais, o DJ Ivis se defendeu dizendo os dois não viviam uma relação saudável há algum tempo, que sofreu ameaças e que as imagens divulgadas pela ex-esposa foram editadas e não mostram todo o conflito. O DJ ainda falou que, em março desse ano, registrou um boletim de ocorrência contra Pamella por agressão.

"Eu sempre tentei fazer de tudo para isso não chegasse a esse extremo. Nada vai justificar a reação que eu tive, mas eu não aguentava mais ameaças", disse.

No pedido, o artista também pedia a proibição de Pamella comentar o assunto na imprensa, principalmente “citações à filha”. A magistrada também vetou a solicitação, alegando que não ter observado “qualquer conduta que ultrapasse o direito constitucional da informação ou da liberdade de expressão”.

Diversos famosos se pronunciaram sobre o caso. Marília Mendonça, Juliette e Pocah se manifestaram contra DJ Ivis em suas redes sociais. O cantor Xand Avião, dono da produtora que gerenciava a carreira do músico, disse que ele foi afastado da empresa após a divulgação do caso.

Léo Dias dá detalhes das agressões do DJ Ivis contra sua esposa; assista