Notícias

Festa de Réveillon no Rio é cancelada por Paes, mas Castro quer reunião

"Tomo a decisão com tristeza, mas não temos como organizar a celebração sem a garantia de todas as autoridades sanitárias", escreveu o prefeito do RJ no anúncio

Ágatha Meirelles, BandNews FM 04/12/2021 • 07:51 - Atualizado em 04/12/2021 • 23:08
Paes cancela festa de Ano Novo no Rio
Paes cancela festa de Ano Novo no Rio
Rubens Chaves/Folhapress

A tradicional festa de Réveillon do Rio de Janeiro, na praia de Copacabana, está cancelada. O prefeito Eduardo Paes fez o anúncio na manhã deste sábado (04), após reuniões de comitês científico. Depois dele ter se manifestado, o governo Cláudio Castro divulgou que pretende fazer uma reunião para tomar a decisão final. 


“Respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva.  O Comitê da prefeitura diz que pode.  O do Estado diz que não.  Então não pode.  Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do réveillon do Rio”, escreveu ele em sua página no Twitter. 

Paes ainda destacou: “Tomo a decisão com tristeza, mas não temos como organizar a celebração sem a garantia de todas as autoridades sanitárias.  Infelizmente não temos como organizar uma festa dessa dimensão, em que temos muitos gastos e logística envolvidos, sem o mínimo de tempo para preparação”.

Na última semana, 10 outras cidades cancelaram os eventos de réveillon no Estado do Rio. Veja aqui outras cidades pelo Brasil que também cancelaram as festas. 

As autoridades públicas passaram a semana toda discutindo a realização das festas de fim de ano e que medidas adotar após a chegada da nova variante ômicron ao País.

Inclusive, na quinta-feira, a prefeitura do Rio chegou a ampliar o passaporte da vacinação para acessar diversos estabelecimentos como restaurantes, bares, hotéis e salões de beleza.

A expectativa do Sindicato de Meios de Hospedagem do Rio era que Copacabana tivesse 100% de ocupação hoteleira. No entanto, com o cancelamento da festa, esse número deve ser menor.

Nesta semana, o Rio alcançou a marca de 90% da população de 12 anos ou mais de idade com o ciclo completo da vacina contra a Covid, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Cláudio Castro

O governador do Rio fez uma publicação no Twitter e pregou cautela na decisão sobre as festas de Ano Novo.

“Falei há pouco com o prefeito Eduardo Paes e decidimos, juntos, que faremos uma reunião na próxima semana para uma decisão final sobre as festas do réveillon. Nesse encontro, participarão técnicos da saúde do Estado e do município”.