Notícias

Jean Paul Prates deixa presidência da Petrobras após meses de pressão por saída

Mês passado, fontes informaram à Band que a queda era dada como certa, ocasião em que vivia desgastes com o ministro Alexandre Silveira

Rodrigo Orengo

Jean Paul Prates deixa a Petrobras após meses de pressão por queda
Jean Paul Prates deixa a Petrobras após meses de pressão por queda
Tomaz Silva/Agência Brasil

O presidente da Petrobrás, Jean Paul Prates, deixa o cargo após meses de pressão por saída. Mês passado, fontes informaram à Band que a queda era dada como certa. Na época, o ex-senador vivia um embate com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira (PSD).

Havia pressão de dentro do governo para a demissão. Silveira e o ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), teriam dito a Lula que Prates não tinha mais condições de permanecer à frente da Petrobras porque teria perdido o controle do Conselho de Administração.

A Band apurou que Prates não queria sair do cargo e que Magda Chambriard deve ser substituta de Prates na presidência da Petrobras.

A companhia confirmou, por meio de nota, que recebeu uma solicitação do próprio Prates para que o Conselho de Administração aprecie o encerramento antecipado do mandato, “de forma negociada”.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais