Jornal da Band

Oinegue: “Dá para chamar de plano de saúde um contrato que te assalta?”

Segundo o jornalista, a Agência Nacional de Saúde e o Congresso tem que olhar para o tema

Da redação

O jornalista e âncora do Jornal da Band, Eduardo Oinegue, falou sobre os cancelamentos de planos de saúde. Alegando prejuízos, os planos estão cancelando contratos de clientes que estão em tratamento, como autistas, o que é proibido.

“Na hora em que você contrata um plano de saúde eles não falam: "olha, eu vou te dar um prejuízo monstro porque vou cobrar uma fortuna todo mês, com reajustes que vão te enlouquecer". 

"Mas se em vez de eu te dar prejuízo pra você... você der prejuízo pra mim porque começou a usar demais o plano eu corto o plano". "Corto o seu plano e o plano da sua família".

Dá para chamar de plano de saúde um contrato que te assalta quando você está saudável -- e te manda embora quando você precisa? Com o agravante que esse desligamento é feito dentro da lei. Uma lei que os planos adoram. 

A Agência Nacional de Saúde e o Congresso Nacional tem que olhar para isso. As histórias de cancelamento estão ficando cada vez mais chocantes”, disse o jornalista.

Tópicos relacionados