Jornal da Band

Entenda a fiscalização de trânsito que usa drones para multar motoristas no Rio

Desde o começo da semana, quando foi implantada, a fiscalização com o uso de drones no Rio de Janeiro aplicou 50 multas

Por Laila Hallack

No trânsito, se você costuma andar na faixa proibida, cuidado! Você pode ser multado por um drone! É o que já está acontecendo no Rio de Janeiro.

Um reforço aéreo e tecnológico. De pontos estratégicos, guardas municipais operam os equipamentos e, sem sair do lugar, conseguem ter uma visão dinâmica do trânsito.

Desde o começo da semana, quando foi implantada, a fiscalização com o uso de drones no Rio de Janeiro aplicou 50 multas. Muitas infrações só puderam ser identificadas graças ao sistema que monitora, em tempo real, o deslocamento dos veículos.

O dispositivo está sendo usado, a princípio, para controlar a circulação de motoristas nesta faixa exclusiva para ônibus. A multa para quem for pego é de quase R$ 300 reais, considerada gravíssima.  

Diferente dos radares eletrônicos fixos, o videomonitoramento por drone garante uma visão mais ampla aos agentes.

A ideia é ampliar a mesma estratégia - que já foi usada em operações, por exemplo, no Carnaval - para outros pontos da cidade.

Tópicos relacionados