Jornal da Band

GCM é investigado por vender segurança privada no centro de São Paulo

A denúncia foi feita no Jornal da Band.

Por Lucas Jozino

A polícia abriu inquérito para investigar o guarda civil suspeito de vender segurança privada no centro de São Paulo. A denúncia foi feita no Jornal da Band.

Elisson de Assis prestou depoimento por duas horas. No mês passado, o Jornal da Band denunciou com exclusividade o esquema de usar a máquina pública em benefício próprio.

Usando a força da GCM, Elisson remanejava o fluxo da cracolândia de uma rua para outra e coagia os moradores e comerciantes da região liberada a pagarem para manter a área livre de usuários de drogas.

No depoimento, Elisson admitiu que sua empresa presta serviços para condomínios e comerciantes na região central da capital em seus períodos de folga. Disse que não associa esse serviço à GCM e que orienta os funcionários a acionar a Polícia Militar.

Elisson de Assis responde agora pelo crime de extorsão. Ele e outros seis guardas da tropa de elite da GCM estão afastados das ruas há um mês. Além do inquérito aberto pela polícia, a prefeitura abriu um processo administrativo para apurar os fatos e o ministério público também investiga o caso. 

CTA Desktop

Mais notícias

Carregar mais