Jornal da Band

Imigração pode decidir eleição nos EUA; Biden e Trump visitam fronteira

O assunto tem polarizado as discussões. Só no ano passado, mais de dois milhões de imigrantes foram presos na fronteira com o México - um recorde anual

Por Eduardo Barão

Biden e Trump visitaram fronteira dos EUA com o México
Biden e Trump visitaram fronteira dos EUA com o México
Reuters

A crise migratória é um assunto que pode decidir a eleição americana em novembro. Nesta quinta-feira (29), Joe Biden e Donald Trump estiveram na fronteira com o México.

Joe Biden visitou a cidade de Bronwnsville. Donald Trump esteve em Eagle Pass. As duas ficam no Texas. Cerca de 480 quilômetros separaram o atual presidente do ex e o debate sobre a maior crise migratória da história recente do país os uniu.

O assunto tem polarizado as discussões. Só no ano passado, mais de dois milhões de imigrantes foram presos na fronteira com o México - um recorde anual.

A posição de Donald Trump é bem conhecida. Ele disse que os imigrantes estão envenenando o sangue do país e promete a maior deportação da história se for reeleito.

Uma pesquisa recente mostrou que oito em cada dez americanos acham que o governo Biden falhou na política migratória. E só agora, perto das eleições, a casa branca deve tornar as leis mais rígidas.

Uma das medidas é dificultar o pedido de asilo: o imigrante vai ter que começar o processo antes de entrar nos Estados Unidos.

Tópicos relacionados