Jornal da Band

Motorista suspeito de tentar invadir Palácio da Alvorada é preso em Brasília

Homem dirigia um Ford Focus azul-marinho, quando furou um bloqueio de acesso, teve o pneu furado por uma “cama de faquir” e foi alvejado por um agente do GSI

Rodrigo Orengo

A Polícia Federal prendeu o suspeito de tentar invadir o Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República, em Brasília, neste sábado (23). O homem dirigia um Ford Focus azul-marinho, quando furou um bloqueio de acesso, teve o pneu furado por uma “cama de faquir” e foi alvejado por um agente do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). 

A tentativa de invasão ao Palácio da Alvorada aconteceu por volta das 6h. Um motorista dirigindo um Focus azul-marinho tentou furar o primeiro bloqueio de acesso. Depois de desobedecer à ordem de parada, o carro furou os pneus no dispositivo com perfuradores em metal para evitar a fuga de veículos.

O motorista não conseguiu chegar ao segundo bloqueio, que fica aqui bem na entrada do Palácio da Alvorada e voltou, em direção ao Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente. Um integrante do GSI atirou duas vezes contra o veículo, mas o motorista escapou.

Nenhuma câmera registrou a ação, segundo o GSI. O presidente Lula estava no Alvorada. No fim da tarde, a Polícia Federal (PF) localizou o carro, em um condomínio residencial de luxo, perto do palácio.

O motorista foi preso e encaminhado para sede regional da PF. Segundo os investigadores, o suspeito tinha sinais de embriaguez e usava o celular enquanto dirigia, o que teria tirado a atenção. O homem alegou que entrou na área de segurança do palácio ao errar o caminho de casa.

Tópicos relacionados