Jornal da Band

Pacheco garante manutenção da desoneração da folha de pagamentos

Presidente do Senado fez a declaração após manifesto de empresários no Congresso e reunião com o ministro Fernando Haddad

Por Lana Canepa

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), garantiu a manutenção da desoneração da folha de pagamento de funcionários. 

“A desoneração da folha dos 17 setores está mantida, assim será, e eventuais alterações serão amadurecidas através de projeto de lei e não por MP”, afirmou Pacheco. 

A manifestação ocorreu no mesmo dia em que empresários que representam os 17 setores que mais empregam no país levaram ao Congresso um manifesto pela manutenção da medida de desoneração da folha de pagamento. 

O grupo classificou a medida provisória da reoneração da folha de pagamento, enviada em dezembro do ano passado, como antidemocrática, autoritária e inconstitucional. A pressão é para que a medida do governo, que começaria a valer em abril, seja substituída por uma proposta que tenha mais tempo de debate. O objetivo é que as empresas continuem a pagar até 4,5% sobre a receita bruta até o fim da discussão no congresso, evitando prejuízos e demissões. 

Também hoje, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad e Pacheco se reuniram para debater o tema. A solução que está sendo negociada é retirar a reoneração do texto da medida provisória e, com o aval do presidente Lula, seria apresentado um projeto de lei com caráter de urgência.

Tópicos relacionados