Notícias

Mais duas cidades entram em emergência no Acre; 19 municípios estão com urgência

Com o decreto, o governo autoriza os órgãos do Sistema Nacional de Proteção e de Defesa Civil sediados no território estadual a prestar apoio suplementar às regiões afetadas

Da redação

Mais duas cidades entram em emergência no Acre; 19 municípios estão com urgência
Mais duas cidades entram em emergência no Acre
Marcos Vicentti/Secom AC

O governador Gladson Cameli, declarou situação de emergência em mais duas cidades do Acre devido à cheia dos rios no estado. Agora, o decreto abrange as cidades de Manoel Urbano e Rodrigues Alves. Há uma semana, a emergência foi decretada em 17 cidades e agora esse número sobe para 19 das 22 cidades acreanas.

O decreto vale por 180 dias. Agora, as cidades que estão em situação de emergência são Assis Brasil, Brasileia, Capixaba, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Jordão, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Plácido de Castro, Porto Acre, Porto Walter, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira, Tarauacá, Xapuri, Manoel Urbano e Rodrigues Alves.

Com o decreto, o governo autoriza os órgãos do Sistema Nacional de Proteção e de Defesa Civil sediados no território estadual a prestar apoio suplementar às regiões afetadas, mediante articulação com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.

Nesta segunda-feira (04) o governador receberá uma comitiva composta pelos ministros da Integração e do Desenvolvimento Regional e do Meio Ambiente e Mudanças Climáticas, Waldez Goés e Marina Silva. Na visita, eles devem conceder entrevista coletiva à imprensa em Rio Branco e sobrevoar a cidade de Brasileia.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais