Notícias

PF incluirá fala de Bolsonaro na Av. Paulista sobre minuta do golpe em inquérito

Investigação deve apontar se, ao citar o documento, Bolsonaro tinha ou não o conhecimento sobre a minuta golpista

Da Redação com Túlio Amâncio

A Polícia Federal irá incluir no inquérito, que investiga uma suposta tentativa de golpe de Estado, a declaração do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) feita durante o ato na Avenida Paulista, em São Paulo, sobre a minuta golpista. A informação foi confirmada por fontes da PF. 

A investigação deve apontar se, ao citar o documento encontrado na casa de Anderson Torres, Bolsonaro tinha ou não o conhecimento sobre a minuta golpista. Leia abaixo o que disse o ex-presidente.

“O que é golpe? É tanque na rua, arma, conspiração, trazer classes políticas para o seu lado, empresariais. Isso é golpe. Nada disso foi feito no Brasil. Por que continuam me acusando de golpe? Agora, o golpe é porque tem uma minuta de um decreto de estado de defesa. Golpe usando a Constituição? Deixo claro que estado de sítio começa com o presidente da República convocando os conselhos da República e da Defesa. Isso foi feito? Não”, declarou Bolsonaro durante o ato em São Paulo

Na semana passada, Bolsonaro ficou em silêncio durante depoimento na Polícia Federal em investigação sobre uma suposta tentativa de golpe.

Em conversa com jornalistas, os advogados de Bolsonaro disseram que o silêncio foi uma “estratégia baseada no fato de que a defesa não teve acesso a todos os elementos que estão sendo usados para imputar o ex-presidente”. 

Jair Bolsonaro é um dos alvos na Operação Tempus Veritatis, deflagrada há quase duas semanas pela PF. Ele teve o passaporte apreendido e foi proibido de se comunicar com os demais investigados.

Tópicos relacionados

  • Jair Bolsonaro
  • Polícia Federal
  • Operação da PF contra Bolsonaro

Mais notícias

Carregar mais