Notícias

Por falta de uniformes, policiais na Baviera protestam sem calças

Governo reconhece problema e atribui situação a dificuldades junto a fornecedores

Por Deutsche Welle

21 itens que fazem parte do uniforme dos agentes estão indisponíveis Reprodução
21 itens que fazem parte do uniforme dos agentes estão indisponíveis
Reprodução

Frustrados pela escassez de uniformes, policiais alemães da Baviera, estado no sul da Alemanha, adotaram uma estratégia incomum para chamar atenção para o problema.

"A pior piada de 1º de abril de todos os tempos: polícia na Baviera 'tira a roupa'" é o título de um vídeo divulgado nas redes sociais pela divisão estadual do Sindicato da Polícia Alemã (DPolG).

"Há quanto tempo você tá esperando?", pergunta, no vídeo, um oficial dirigindo-se a uma colega na viatura. "Quatro meses. E você?", rebate ela, ouvindo "seis meses" como resposta. Na sequência, a dupla desce do carro, e só aí nota-se que eles estão sem calças.

Representante do sindicato na Baviera, Jürgen Köhnlein aparece em seguida no vídeo, afirmando que não há nada de engraçado na situação, e que a falta crônica de uniformes é um desrespeito.

"A polícia da Baviera está 'tirando a roupa' e pode, literalmente, acabar sem calças", afirma Köhlein. Segundo o sindicalista, 21 itens que fazem parte do uniforme dos agentes – como bonés, casacos e calças – ou estão inteiramente indisponíveis ou só são disponibilizados após meses de espera.

O sindicato instou a Secretaria do Interior da Baviera a tratar do problema imediatamente, mesmo que isso implique em custos adicionais: "desde 2020, mal temos falado sobre problemas na qualidade dos uniformes, e sim sobre a indisponibilidade deles".

Governo diz trabalhar para resolver problema

Nesta quarta-feira (03/04), um porta-voz do ministério reconheceu a falta de uniformes, que atribuiu a problemas na cadeia de fornecedores, principalmente para peças especializadas, como calças multiuso de verão – o processo de compra foi terceirizado.

Agora, autoridades estaduais dizem que assumirão a logística de entrega dos uniformes.

Representantes da pasta apontaram ainda a pandemia de coronavírus e a guerra na Ucrânia como fatores adicionais que contribuíram para a escassez de uniformes, e afirmaram que um novo centro logístico entrará em operação na Baviera até 2030, tornando a força policial menos dependente de fornecedores externos.

A secretaria, porém, alega que o problema não impede a polícia de cumprir suas funções, e que outros elementos do uniforme podem ser utilizados quando peças específicas não estiverem disponíveis.

Köhnlein critica: "no momento não se sabe se a situação vai melhorar ou se continuará piorando". "Que impressão os novos recrutas devem ter quando são obrigados a completar seu treinamento em 'roupas civis' em vez de receber um uniforme?", destaca.

Com informações da dpa.

Autor: Jon Shelton

Tópicos relacionados

  • Notícias
  • Internacional
  • Alemanha

Mais notícias

Carregar mais