Notícias

Próxima superlua aparece no céu nesta terça-feira (14); saiba como acompanhar

No Brasil, o fenômeno já poderá ser visto pela manhã, às 8h52

Da Redação

Especialistas dizem que, por volta das 20h, a lua estará 99,5% iluminada
Especialistas dizem que, por volta das 20h, a lua estará 99,5% iluminada
Reprodução/Pexels
Topo

Na próxima terça-feira (14), ocorre a primeira das três superluas esperadas para o ano de 2022. O fenômeno permitirá que o mundo inteiro consiga observar a lua em um “tamanho maior”.  

A "atração" acontece porque, a exemplo do que irá ocorrer também nos dias 13 de julho e 12 de agosto, a lua da semana que vem estará próxima do perigeu, seu ponto de maior proximidade com o nosso planeta.

Nos Estados Unidos, essa lua cheia é conhecida como Lua de Morango, nome originário da cultura dos algonquinos, um povo nativo dos EUA que habita o nordeste da América do Norte.  

Na tradição local, é muito comum nomear a lua conforme o período das colheitas, meses e épocas do ano. Assim, junho é o mês em que as flores dos morangos começam a desabrochar e os frutos podem ser colhidos.

Embora a visibilidade da lua seja melhor à noite, no Brasil a superlua poderá ser vista já pela manhã, às 8h52 desta terça, no horário de Brasília, o que significa que esse pico de visibilidade será melhor apreciado em outros pontos da Terra.  

No entanto, garantem os especialistas, por volta das 20h da mesma terça-feira, a lua estará em uma fase 99,5% iluminada.

O ano de 2022 está cheio de "atrações" astronômicas, que incluem dez chuvas de meteoros, alinhamento de cinco planetas, dois eclipses lunares totais e dois solares parciais, além de uma lua negra.

Tópicos relacionados