CNC: 3 em cada 4 famílias brasileiras estão endividadas

Da Redação 26/01/2022 • 14:08
Pandemia impactou diretamente no problema
Pandemia impactou diretamente no problema
Pexels

Três em cada 4 famílias brasileiras estão endividadas, de acordo com dados da Confederação Nacional do Comércio.

Esse é o maior número dos últimos 11 anos.  

O estudo mostra que pelo menos um quarto das famílias está com alguma conta em atraso.

Um dos setores mais afetados pela pandemia do coronavírus foi o de turismo.

Da noite para o dia, a dona de uma agência Luciana Fernandes viu todos os clientes cancelarem os contratos.  

O impacto segue até hoje; ela começou 2022 com muitas pendências financeiras.

Quem já não tinha a vida financeira organizada antes da pandemia só viu as contas triplicarem, como a atendente Cintia Pontes.

Para a economista da Confederação Nacional do Comércio, Izis Ferreira, a inflação e a demanda represada pela pandemia impulsionaram o endividamento dos brasileiros.

Já o número de inadimplentes em 2021 caiu 0,3 ponto percentual em comparação com 2020, de acordo com a pesquisa citada na reportagem.