Conta de luz: Reajuste para tarifas da Enel começa a valer em 4 de julho

Da Redação 29/06/2022 • 13:53
O aumento será de 10,15% para os clientes residenciais
O aumento será de 10,15% para os clientes residenciais
Agência Brasil

O reajuste aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica nas contas de luz da Enel São Paulo vai começar a valer em 4 de julho.

O aumento será de 10,15% para os clientes residenciais; já a indústria e grandes comércios vão passar a pagar 18,03%.

O porcentual adotado considera parte das medidas já aprovadas pelo governo e pelo Congresso para frear a alta no preço das tarifas de energia.

Entre as medidas está a devolução do PIS/Cofins cobrado a mais dos consumidores de eletricidade, que resultou em uma redução frente ao aumento previsto inicialmente.

Com isso, foi possível fixar o aumento médio de 12,04% próximo da inflação do ano passado, diz o diretor da Enel, Luiz Gazulha Junior.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem a lei que permite a devolução de impostos cobrados indevidamente de consumidores nas tarifas de energia elétrica.

O reembolso se dará por meio de descontos na conta.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica, essa compensação poderá deixar a conta de luz até 5% mais barata.

Atualmente, é sempre muito importante estar atento às dicas para economizar.