Band Rio

Crianças de 9 anos são imunizadas contra a Covid-19 no Rio

Previsão é vacinar toda a população, acima de 5 anos, até meados de fevereiro

Beatriz Duncan 27/01/2022 • 14:01
Já foram vacinadas crianças de 10 e 11 anos na capital fluminense
Já foram vacinadas crianças de 10 e 11 anos na capital fluminense
Divulgação

O município do Rio vacina, nesta quinta-feira (27), meninos e meninas de 9 anos ou mais contra a Covid-19. A campanha infantil começou na última segunda (17), com crianças de 10 anos. A expectativa é imunizar todos acima de 5 anos até meados de fevereiro.

A vacinação desta faixa etária foi possível depois que a capital fluminense recebeu cerca de 100 mil doses da Coronavac, no início da semana. A autorização para a aplicação do imunizante veio no dia 20 de janeiro. O intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina é de 28 dias.

Outro imunizante aplicado é a Pfizer. A dose pediátrica tem como recomendação a aplicação da segunda dose em um período de 8 semanas.

POLÊMICA EM ESCOLAS

Com a vacina autorizada, uma nova polêmica surge em meio à escolas privadas do Rio de Janeiro. Algumas instituições estudam aplicar a obrigatoriedade de ter imunização completa para a volta do ensino presencial. Porém, de acordo com a legislação, a imunização só pode ser mandatória caso a campanha estivesse presente no Plano Nacional de Imunização. O que pode ser feito é apenas aplicar uma recomendação.

“O tema complexo, por isso tem gerado tanta discussão. Ele é tratado no plano da lei ordinário em duas leis: A primeira é a do Estatuto da Criança e Adolescente, que trata a questão no artigo 14, parágrafo 1º, que diz que é dever dos pais realizar a vacinação dos filhos quando a vacina for aprovada pelas autoridades sanitárias. No caso da vacina da Covid, houve aprovação da Anvisa, mas não teve uma inclusão formal dessa vacina no Plano Nacional de Imunização. De tal maneira que há uma controvérsia exatamente por isso. Outro dispositivo que trata de questão é o artigo terceiro da lei 13.979 de 2020, uma lei aprovada logo no início da pandemia. Ela prevê o estado do governo de instituir a vacinação obrigatória”, explica o advogado e professor de direito Constitucional da UERJ, Rodrigo Brandão.

Confira abaixo o calendário completo:

27/01 - 9 anos ou mais

28/01 - 8 anos ou mais

29/01 - 8 anos ou mais

31/01 - Meninas de 7 anos

01/02 - Meninos de 7 anos

02/02 - 7 anos ou mais

03/02 - Meninas de 6 anos

04/02 - Meninos de 6 anos

05/02 - 6 anos ou mais

07/02 - Meninas de 5 anos

08/02 - Meninos de 5 anos

09/02 - 5 anos ou mais