Band Rio

Elza Soares morre em casa aos 91 anos

Assessoria afirma que morte de cantora foi de causas naturais

Beatriz Duncan 20/01/2022 • 17:34 - Atualizado em 20/01/2022 • 19:32
Elza Soares morre aos 91 anos, no Rio de Janeiro
Elza Soares morre aos 91 anos, no Rio de Janeiro
Divulgação Redes Sociais

Morreu, nesta quinta-feira (20), a cantora e sambista Elza Soares. Ela tinha 91 anos. Segundo nota oficial, ela estava em casa e morreu de causas naturais.

Reconhecida em 1999 como Cantora do Milênio, Elza Gomes da Conceição deu voz à canções icônicas como "Mulher do Fim do Mundo", "Eu Bebo Sim" e "A Carne".

Nascida em uma família de 10 irmãos, na Vila Vintém, comunidade no bairro de Padre Miguel, na Zona Norte, a artista teve uma infância conturbada. Casou-se aos 12 anos e teve o primeiro filho aos 13.

“A gente acaba de perder Elza Soares. Uma das cantoras, uma das artistas mais impressionantes do Brasil. Nunca conheci uma mulher como ela. Alguém que me inspirasse tanto, que inspirasse tanta gente. A vida se jogou contra Elza o tempo todo. Tudo era um obstáculo e quanto mais ela ouvia não, mais ela se fortalecia”, relata o apresentador Zeca Camargo emocionado. Ele escreveu uma biografia autorizada da cantora em 2018.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, lamentou a perda. 

"Que tristeza. A história de vida dessa mulher é simplesmente incrível. Nossa "voz do milênio" nos deixou hoje. Tive a honra de contar com o apoio de Elza Soares, uma referência da cultura brasileira. Meus sentimentos aos parentes, amigos e a enorme legião de fãs de Elza"

Nas redes sociais, a atriz Zezé Motta também prestou homenagem.

“Elza é, Elza sempre será eterna. Gratidão por sua existência, sua arte e negritude. Muita luz em sua passagem. Pra sempre no coração do Brasil”, relata. 

A escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel deixou uma mensagem de despedida para a artista.

És a ESTRELA! Seu povo esperou tanto pra revê-la! E reviu! Reviu o seu amor Independente passar na Avenida da forma mais linda possível! Você foi uma das maiores deste país. Só podemos agradecer por tudo. Consternados! Essa é a nossa despedida! Obrigado, Deusa. Nós não vamos sucumbir nunca! Estamos em Luto!", diz a postagem.

O Clube de Regatas do Flamengo relembrou uma das paixões da artista.

“O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente a morte da magnífica cantora Elza Soares. Rubro-negra de coração, ela nos deixa no mesmo dia em que o craque Garrincha, seu grande amor, se foi há 39 anos”.

Uma nota de pesar foi divulgada em nome do Governo do Estado.

“Elza Soares é imortal. Faz parte da constelação das grandes personagens mundiais. É também símbolo de luta, superação, talento e perseverança. Entristece o mundo da música ao nos deixar, e no dia marcado também pelo falecimento de Garrincha, que marcou sua vida. Uma estrela que sempre brilhará”.

Elza Soares também é considerada uma das 100 maiores vozes da música brasileira pela revista Rolling Stone Brasil. A artista vai ser velada amanhã (21) no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O velório vai acontecer em seguida no Jardim da Saudade, em Sulacap. 

Confira a nota na íntegra da assessoria da cantora:

“É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais. Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação. A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo.

Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”