BandNews FM Rio de Janeiro

Após denúncias, pista do Parque Radical de Deodoro vai ser reinaugurada

Ciclistas e visitantes do Parque reclamam da falta de manutenção do espaço, que é considerado um legado das Olimpíadas

Ádison Ramos

Após denúncias, pista do Parque Radical de Deodoro vai ser reinaugurada
Fabio Motta / Prefeitura do Rio

A pista de mountain bike do Parque Radical de Deodoro, na Zona Oeste do Rio, vai ser reinaugurada no dia 28 de julho, após denúncias de abandono dos frequentadores. Segundo a Secretaria Municipal de Esportes do Rio, a estrutura passou por manutenção nos últimos meses.

Ciclistas e visitantes do Parque reclamam da falta de manutenção do espaço, que é considerado um legado das Olimpíadas de 2016. Logo na entrada, a estrutura que abrigava um lago, oito anos depois, está vazia e cheia de rachaduras. As placas de identificação das árvores plantadas na Chamada Floresta dos Atletas estão apagadas, algumas foram danificadas e estão com vergalhões à mostra. 

As quase 14 mil mudas deveriam ter sido plantadas no ano seguinte aos jogos, mas só foram colocadas no local em 2019. Com a estiagem das últimas semanas, parte da área destina ao projeto foi atingida por incêndios florestais.

E os problemas não param por aí. Na pista de mountain bike, o fogo só não chegou, porque voluntários capinaram a área. Desde 2021, eles fazem vaquinhas e rifas para garantir a manutenção do espaço usado para o treinamento. Rogério Silva faz parte do grupo de ciclistas Pedal Anchieta e conta que eles se organizaram para cuidar da pista.

Com as doações, o grupo também comprou placas para sinalizar a pista, mas as medidas não serão suficientes. A representante da Comissão de Segurança do Ciclismo da cidade Vivi Zampieri explica que a sinalização atual está longe da exigida para competições.

O Parque Radical de Deodoro tem mais de 500 mil metros quadrados. A área abrigou provas de ciclismo, canoagem e outras modalidades durante as Olimpíadas de 2016.

Procurada sobre o incêndio, a Secretaria Municipal de Esportes do Rio disse que os bombeiros foram acionados e as causas estão sendo apuradas. Os militares vão instalar uma mangueira de 100 metros próximo ao mirante do Parque, para que possa haver um controle mais rápido em caso de novos focos.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais