Notícias

"Ele caiu e bateu a cabeça", diz família de jovem desaparecido no mar

Jovem caiu no mar em São Conrrado, na Zona Sul do Rio

Por Vinícius Calixto (sob supervisão)

Jovem desapareceu no mar em São Conrado
Jovem desapareceu no mar em São Conrado
Reprodução

A família do jovem que desapareceu depois de cair no mar em São Conrado, na Zona Sul do Rio, afirma que ele estava descendo a pedra do Costão do Joá, quando se desequilibrou, caiu e bateu a cabeça.

Willian Bandeira de Menezes, de 23 anos, é o caçula de uma famíla do Ceará e morava na favela da Rocinha, na mesma região, há um ano. Ele e o irmão Edilson tinham planejado caminhar da comunidade até a Barra da Tijuca, na Zona Oeste, passando pelo Elevado do Joá, para contemplar um dos cartões postais da cidade.

Durante a trilha na mata, na altura do primeiro túnel, Willian escorregou.

Bombeiros fazem buscas desde a manhã de domingo (31) com drones, helicópteros, mergulhadores e motos aquáticas.

Outro irmão de Willian, Joélio Bandeira, conta que o caçula era um rapaz alegre e planejava ser pai. 
 

Tópicos relacionados