Notícias

Homem preso na Operação Arcanjo II pode pegar 30 anos de prisão

Ele vai responder pelo crime de abuso infantil e armazenamento e compartilhamento de material pornográfico

Gabriela Souza 25/05/2022 • 20:36

O homem preso em flagrante na Operação Arcanjo II da Polícia Federal pode pegar 30 anos de prisão. Ele vai responder pelo crime de abuso infantil e armazenamento e compartilhamento de material pornográfico. A ação ocorreu na manhã desta quarta-feira (25), em Magé, na Baixada Fluminense, e na cidade do Rio de Janeiro.

Segundo a investigação, o acusado abusou de crianças, filmou e fez registros fotográficos dos crimes.

O delegado José Maria Martins Simão explica que os agentes identificaram o criminoso através de um trabalho em conjunto com uma organização internacional.

Ainda segundo o delegado, normalmente o perfil dos criminosos é de uma pessoa próxima da vítima e é preciso ficar atento a qualquer sinal suspeito da criança.

Na ação, foram apreendidos diversos itens, dentre eles fantasias, celulares, notebooks e pen-drives contendo os registros dos abusos sexuais e outras evidências.