Notícias

Moradora que impediu entregador de usar elevador social nega ter cometido injúri

O caso aconteceu no último domingo (4) em Jacarepaguá, e foi registrado como injúria por preconceito

Por Jeane Moraes (sob supervisão)

Topo

A moradora do prédio da Zona Oeste, que impediu um entregador de água de subir no elevador social, negou a Polícia Civil que teve intenção de cometer injúria. O depoimento foi prestado nesta quinta-feira (8).  

O caso aconteceu no último domingo (4) em Jacarepaguá, e foi registrado como injúria por preconceito. O entregador filmou a situação.  

O vídeo dura pouco mais de 7 minutos e mostra que a mulher afirmou que o profissional não podia subir no mesmo elevador que ela.  

O entregador chegou a citar uma lei municipal de 2023, que proíbe o uso dos termos "elevador social" e "elevador de serviço" em prédios privados da cidade.  

As investigações seguem em andamento.

Tópicos relacionados