Notícias

Moradores contabilizam prejuízos em Nova Iguaçu mais de 40 horas após chuvas

Duas pessoas morreram cdurante temporal e mais de 450 estão desalojadas

Por Priscila Xavier

O Rio Botas, que transbordou na última quarta-feira (21)
O Rio Botas, que transbordou na última quarta-feira (21)
BandNews FM

Mais de 40 horas depois das chuvas que atingiram a Baixada Fluminense, moradores de Nova Iguaçu ainda tentam contar os prejuízos. Duas pessoas morreram durante o temporal desta quarta-feira (21) e mais de 450 estão desalojadas.

Moradora do bairro Jardim Primavera há 34 anos, Camila conta que essa é a quinta vez que a casa dela é atingida.  

Os impactos das chuvas foram redobrados para a Geslaine W. Além de perder quase todas as mercadorias do bar tira o sustento da família, ela também perdeu tudo em casa.

O sonho de construir um quarto para os três filhos estava nos planos de Viviane , mas, durante as chuvas, ela perdeu todo o material da construção que tinha sido doado por amigos.

O Rio Botas, que transbordou na última quarta-feira (21), é um dos principais da Baixada Fluminense e corta os municípios de Nova Iguaçu e Belford Roxo, regiões mais afetadas pelo temporal.

O leito chegou a receber investimentos do Governo Federal durante o Projeto Iguaçu, implementado em 2007. Mas, quase dez anos após a suspensão da iniciativa, o cenário é de abandono.

De acordo com o Ministério das Cidades, o Rio Botas foi incluído no Novo PAC. Orçado em cerca de R$ 800 milhões, o projeto deve ser executado em três fases. Mas nem a primeira delas ainda tem data definida.

Tópicos relacionados