Notícias

MPE mantém denúncia contra deputados estaduais alvo de operação

Nomeada 'Furna da Onça', operação foi um desdobramento da Lava-Jato no Rio

Gustavo Sleman 30/06/2022 • 17:44
Ministério Público do Rio de Janeiro
Ministério Público do Rio de Janeiro
Divulgação/MPRJ

O Ministério Público Eleitoral mantém a denúncia contra os cinco deputados estaduais que foram alvos da operação Furna da Onça. O processo corre sob sigilo.

André Corrêa, Chiquinho da Mangueira, Luiz Martins, Marcos Abrahão e Marcus Vinicius Neskau foram acusados de corrupção passiva e organização criminosa.

Realizada em 2018, a operação foi um desdobramento da Lava-Jato no Rio. Na ocasião, 10 parlamentares da Assembleia Legislativa foram presos.

Desde então, o processo já passou por diferentes esferas, como o Supremo Tribunal Federal, e também chegou a ser desmembrado.

Procurado, o deputado Luiz Martins afirmou que acusações não são verdadeiras e que confia na rejeição das denúncias.

Já Chiquinho da Mangueira afirmou que não há o que declarar, pois esse assunto está encerrado.

Enquanto Neskau afirmou que a ratificação da denúncia pela Procuradoria Eleitoral não tem o condão de torná-lo réu, já que a denúncia ainda vai apreciada pelo colegiado do Tribunal Regional Eleitoral.

A reportagem da BandNews FM aguarda o posicionamento dos demais citados.