Notícias

Paes cria projeto para transferir potencial construtivo do Parque Olímpico

Objetivo é conseguir investimentos privados para que o local seja mantido como um polo de entretenimento, esporte e cultura

Por Bruna Navarro

Área a ser transferida é de 1.044.586 m².
Área a ser transferida é de 1.044.586 m².
Fabio Motta/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, envia à Câmara dos Vereadores um projeto para transferir o potencial construtivo do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, para outros locais. O objetivo é conseguir, através de investimentos privados, que o local seja mantido como um polo internacional de entretenimento, esporte e cultura. 

O projeto foi enviado na terça-feira (14) aos parlamentares.

A transferência do potencial construtivo é o mesmo modelo proposto para a requalificação do estádio do Vasco da Gama. A medida prevê que os direitos de construção em um terreno, limitados pela legislação urbanística em cada bairro, sejam transferidos para outra região da cidade, que têm, consequentemente, a área máxima permitida para as intervenções ampliada.

No caso do Parque Olímpico, o potencial construtivo total a ser transferido é 1.044.586 m².

Tópicos relacionados