Notícias

Rio implementará agenda ambiental 2030 da ONU

Cidade lança o programa Rio2030 que leva em consideração os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável acordados na Assembleia Geral das Nações Unidas

Por Bruna Bittar (sob supervisão)

A Mata Atlântica
A Mata Atlântica
Arquivo/Agência Brasil

O Rio de Janeiro lança o programa Rio2030 para incentivar projetos focados na agenda ambiental da ONU que termina em 2030. A decisão, publicada do Diário Oficial do Estado nesta segunda-feira (5) leva em consideração os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável acordados na Assembleia Geral das Nações Unidas, realizada em Nova York, em 2015. 

A iniciativa deve impulsionar parcerias tecnológicas e recursos financeiros para o desenvolvimento sustentável. A plataforma Rio2030 busca criar uma rede nacional e internacional para trocar conhecimento de práticas relacionadas a agenda estabelecida pela ONU. 

A publicação também prevê ações focadas na sustentabilidade e economia do estado. Dentre os destaque de consideração estão os 30 anos da  Conferência  Rio-92,  o primeiro encontro internacional para discutir pautas ambientais e os desafios socioambientais enfrentados no Rio.

O Programa será dividido em quatro pastas. Governança Rio2030; parcerias e financiamento; transparência e Informação e monitoramento e avaliação.

Instituições público e privadas interessadas no projeto podem solicitar o Selo Rio2030. Segundo a publicação, esse deve ser o mecanismo de  identificação engajamento  com o desenvolvimento  sustentável em  territórios  de  vulnerabilidade socioeconômica e/ou ambiental. 

Tópicos relacionados