Notícias

Três crimiosos são presos pela Polícia acusados de falsificar decisões do TJRJ

Segundo as investigações, o grupo tinha como foco falsificar os documentos para transferir valores de contas correntes de pessoas mortas

Por Daniel Henrique

Criminosos presos
Criminosos presos
Reprodução/Polícia Civil

Três criminosos são presos pela Polícia Civil de São Paulo acusados de falsificar decisões judiciais do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para aplicar golpes. Eles foram encontrados nos municípios de Jacareí e São José dos Campos, na terça-feira (27).

Segundo as investigações, o grupo tinha como foco falsificar os documentos para transferir valores de contas correntes de pessoas mortas. Em um dos casos, uma instituição financeira receber ordem para transferir R$ 15 milhões de um cliente falecido para a conta de um dos envolvidos.

Um deles alegava ser filho de um juiz, enquanto outro chegou a usar um nome falso para se identificar como juiz substituto. Os policiais também investigam se um dos presos utilizou documentos falsos para reconhecer união estável com um promotor do Distrito Federal já falecido, com o objetivo de receber a pensão por morte.

Durante a operação, foram apreendidos vinte e um cartões bancários, dois veículos SUVs, trinta e um perfumes importados, nove relógios de grifes internacionais, celulares e computadores, além de outros itens de luxo.

O trio vai responder por associação criminosa, estelionato, uso de documento falso, invasão de dispositivo informático e lavagem de dinheiro.

Tópicos relacionados