Masterchef

Como Rafael, do MasterChef, provocou fúria de vascaínos e foi ameaçado de morte

Participante da 9ª temporada do programa é dono de comentários ácidos e não se importa com o hate da internet. “Gosto de levar a vida como se fosse uma piada. Assim sofro menos, eu acho”, declara. Assista à entrevista exclusiva:

Felipe Pinheiro 29/07/2022 • 15:37

Rafael Barbosa, da 9ª temporada do MasterChef Brasil, não entrou no programa da Band para brincadeira. Ele, que vem se destacando tanto pela culinária (às vezes elogiada e outras nem tanto) quanto pelos comentários por vezes ácidos, se define como um competidor que não aceita ficar abaixo da média – e muito menos perder. Durante a edição, Rafa descobriu que não iria agradar a todos e virou alvo de haters da internet. 

O engenheiro da computação de 24 anos afirma em entrevista ao Band.com.br que, além de ofensas, recebeu até ameaças a sua integridade física. O que poderia ser alarmante, para ele é encarado com zero preocupações. 

“Não me importo nem um pouco com o hate. Se quer falar mal de mim na internet, fale! Eu não devo nada”, dispara. Mas a coisa muda de figura quando envolve pessoas do círculo social ou familiar. “Até pessoas próximas ficaram incomodadas com algumas atitudes minhas. Isso me incomodou", explica.

Quando vem alguém com quem eu me importo falar que não está me reconhecendo na televisão ou que está triste pela forma que estou agindo, aí me incomoda.


O cozinheiro amador já esperava que não fosse agradar a todos, mas mesmo assim se surpreendeu com a quantidade de ataques. Pelo o que lê nas redes sociais, acredita que é do tipo “ame ou odeie” e conta como virou o terror dos torcedores do Vasco por um comentário que fez durante o MasterChef. O negócio ficou tão feio que Rafa recebeu até áudio com ameaças. 

“O cara falou assim: ‘Pede desculpa. Pede desculpa agora pelo o que você falou do Vasco. Se você for vascaíno, tudo bem. Mas se não for, pede desculpa, senão vou te bater’. Também fui ameaçado de morte e de apanhar na rua. Eu só fiz uma brincadeira!”, se defende. 

O que Rafael, um torcedor do Flamengo, fez para atrair toda essa fúria dos vascaínos? No programa, o participante era destaque positivo com certa frequência, mas não conseguia ganhar as provas. Daí veio a comparação com o Vasco em tom de elogio. Quando foi destaque negativo voltou a mencionar o time, só que em outro contexto. 

“Eu falei que me senti no Vasco hoje em dia porque ele está rebaixado na segunda divisão. Eu falei bem e depois falei mal. Estou torcendo pelo Vasco e quero vê-lo de volta na primeira divisão”, diz ele, que se defende lembrando que o avô e o melhor amigos são vascaínos. “Sou um flamenguista que gosta do Vasco”, declara. 


Segundo Rafael, um ex-participante da temporada passada do MasterChef se sentiu tão ofendido que convocou a torcida do clube. Ele prefere não revelar a identidade.

“Esse ex-participante resolveu chamar a torcida do Vasco. ‘Vamos juntar nesse Rafael. Ele é um babaca!’. E ele estava torcendo por mim no começo, mas daí eu falei do Vasco e veio essa. Prefiro ignorar”, diz. 

E é assim, dando risada, que Rafael segue acompanhando que falam por aí sobre ele nas redes sociais. Como consegue? Ele faz uma autorreflexão.

“Estou acostumado. Jogar videogame a vida inteira fez crescer barreiras em volta de mim. A quantidade de toxicidade que há nos jogos… É tudo blábláblá do Twitter e não me importo. Já encontrei hater na vida real. Eles fingem que eu não existo, mas não são agressivos ao vivo", afirma. 

Gosto de levar a vida como se fosse uma piada. Assim sofro menos, eu acho. É uma estratégia. Vamos rir para não chorar e fazer piada da desgraça.



É só amizade mesmo?


 



Rafael construiu uma grande amizade no MasterChef Brasil com Lays Fernandes. Eles se deram tão bem que foram “shippados” por Ana Paula Padrão no último episódio. Ao Band.com.br, o engenheiro da computação diz que não há qualquer envolvimento entre eles além da amizade. 

“Ela é minha melhor amiga, considero uma irmã. O MasterChef me deu vários amigos e Lays é uma delas. É só amizade mesmo. Ela namora e eu gosto muito do namorado dela”, afirma. “Somos muito parecidos. Temos a mesma paixão pela culinária, falamos com a mesma empolgação. Ela morou na Alemanha e eu também”, conta.

Prazer, influenciador



Rafael aprendeu a cozinhar assistindo ao MasterChef antes de se inscrever pela primeira vez, espera um dia se tornar um grande chef. Mas até lá o plano é ganhar dinheiro com a vitrine do programa da Band. 

O desenvolvedor web começou a dar os primeiros passos como influenciador digital e vem crescendo com seus perfis nas redes. 

“Está sendo uma experiência divertida e aos poucos vou melhorando. Quero aproveitar a visibilidade do programa para tirar o melhor proveito disso. É aproveitar o hype e surfar nessa onda. Em breve vou entrar no mundo da gastronomia para valer. O meu objetivo de vida é ser cozinheiro e um dia, daqui a muitos anos, abrir um restaurante”, diz.