Masterchef

Elisiário e Ricardo servem rocambole cru e são eliminados do MasterChef+

Cozinheiros deixam o MasterChef+ após prova de eliminação com rocambole de carne, molho e acompanhamento; confira entrevista exclusiva com a dupla

Aline Naomi

Topo

O MasterChef+ perdeu o participante mais fofoqueiro da 2ª temporada e o mais festeiro também, tudo de uma única vez. Elisiário e Ricardo foram eliminados do programa no episódio desta terça-feira (05). Os dois levaram a pior no desafio de preparar rocambole de carne e acabaram pecando no tempo de forno. Como resultado, a carne ficou crua e coube a Erick Jacquin, Helena Rizzo e Henrique Fogaça eliminar a dupla.  

Já na primeira prova da noite, os competidores enfrentaram uma prova em equipe e precisaram fazer biscoitos natalinos. Para ajudá-los na missão, o MasterChef recebeu de volta Gizele e Leonardo, ex-participantes da 10ª temporada do talent show. Tanto Elisiário quanto Ricardo ficaram no time vermelho, comandado por Ima, que perdeu a etapa. 

Entre fofocas e aprendizados 

"Estou me sentido muito bem. Eu pensei que estaria emocionado por sair antes do imaginado, mas eu estou muito contente", conta Elisiário em entrevista ao Band.com.br. Com o sorriso de sempre, o cozinheiro diz que a decisão dos jurados foi justa. "Eu gostaria de fazer melhor, mas não consegui. Faltou forno, faltou dourar mais", lamenta.  

Eli descreve a experiência no MasterChef+ como "surreal" e celebra os laços que criou dentro da competição com os demais participantes. "O companheirismo que nós tivemos, o tratamento entre o grupo, as pessoas. Não tem preço", comenta. "Saí do programa vitorioso, porque eu só deixei coisas boas para trás, e ainda tenho coisas boas pela frente." 

O professor aposentado garante que vai seguir cozinhando e pretende usar os aprendizados do programa para alimentar seu canal no YouTube, Chefe Eli. "Meu intuito, com o MasterChef, é que as pessoas acessem mais os meus vídeos e aprendam com aquilo que eu estou fazendo", afirma animado. 

Ele aposta que seus anos de experiência na educação vão ajudá-lo no novo objetivo. "Como professor, eu sempre gostei de ensinar, então acredito que meus vídeos serão didáticos para a aprendizagem das pessoas, principalmente para homens que nunca entraram na cozinha", analisa.  

Agora, ele só pensa em voltar para os braços de sua amada, Maria de Lourdes. "A minha mulher não mostra muito, porque ela é portuguesa, mas ela está orgulhosa. Minha nora, meu filho", descreve. "Foi emoção para a família toda!" E para nós também. Boa sorte, Eli! 

Fim da festa 

Rick, por sua vez, diz estar com o coração dividido. "São dois sentimentos: triste por ir embora, mas feliz por ter participado dessa festa, dessa experiência incrível que a gente não vai esquecer nunca mais", confessa em entrevista ao Band.com.br. Ele também conta que está chateado por não ter mostrado mais de sua cozinha. "Mas não é desculpa, porque quem vem para cá tem que estar preparado para tudo", pondera.  

Para ele, o tamanho de seu rocambole afetou o tempo de forno necessário para agradar aos jurados. "Na primeira prova em que eu fui para o mezanino, eu estava bem focado e fiz um risotinho pequenininho porque o tempo é sempre complicado", relembra. "Agora, eu faço um Titanic de quase 2kg de carne que, logicamente, não assou, e esse foi o meu erro." 

O cozinheiro garante que leva muitos aprendizados do MasterChef+ para além da culinária. "Eu sou muito aquele cara que faz tudo na cozinha, e a prova em equipe me ajudou muito a ouvir as pessoas, a delegar, a organizar. Apesar de ter ido para a eliminação, eu gostei muito", explica Rick, como foi carinhosamente apelidado.  

Apesar dos desafios e da pressão do MasterChef+, ele parece ter gostado da brincadeira. "Quem sabe no próximo eu não volto? Mas eu vou voltar com os novinhos! Me aguardem", declara o eliminado. "Eu quero voltar, porque eu não mostrei o que eu queria mostrar. Eu gostei tanto da brincadeira que eu quero mais." Será que veremos Rick novamente? Até lá, boa sorte! 

O que rolou no 3º episódio do MasterChef+? 

Chegou o Natal! 

Já é clima de Natal no MasterChef+! E para celebrar o espírito natalino, os competidores enfrentaram uma prova em equipe. O desafio foi preparar 55 potes de biscoitos natalinos a serem entregues para crianças em situação de vulnerabilidade de duas ONGs de São Bernardo do Campo (SP).  

Campeã da última prova, Ida foi a líder do time vermelho. A cozinheira escolheu Suyan para ser a capitã do time azul. Para ajudá-los na missão, Gizele e Leonardo retornaram à cozinha do MasterChef. A cantora sertaneja foi para a equipe de Ida, enquanto o cozinheiro cearense foi para o time de Suyan. No final, o time azul foi escolhido como campeão.  

Rocambole de carne MasterChef 

Cida, Eli, Ida, Rachel e Rick, do time vermelho, foram para a prova de eliminação. Nela, o desafio foi preparar um rocambole de carne recheado com um acompanhamento e um molho. Para isso, eles tiveram uma hora de prova. 

Cida fez o rocambole de carne campeão e subiu com Ida e Rachel ao mezanino. Para os jurados, faltou tempo de forno para os pratos de Eli e Rick. Por isso, a dupla foi eliminada. O momento foi difícil, e a jurada Helena Rizzo disse que ia pedir demissão porque não queria eliminar ninguém. Dureza, chef! 

Tópicos relacionados