Masterchef

Fogaça entra para o Guia Michelin e Helena Rizzo mantém estrela do Maní

Após quatro anos, Guia Michelin faz evento no Brasil e reconhece restaurantes em São Paulo e no Rio de Janeiro

Da redação, com MasterChef

Fogaça entra para o Guia Michelin e Helena Rizzo mantém estrela do Maní
Melissa Haidar/Band

Depois de quatro anos, o Guia Michelin retornou ao Brasil e promoveu um evento nesta segunda-feira (20) para anunciar os restaurantes de São Paulo e do Rio de Janeiro que fazem parte de sua seleção. Houve ainda a distribuição das famosas estrelas Michelin a parte dos estabelecimentos brasileiros.  

Para alegria e orgulho dos MasterFãs, alguns dos restaurantes reconhecidos são comandados por pessoas que fazem parte da história do MasterChef Brasil. Continue lendo para saber mais! 

O restaurante Jamile, comandado por Henrique Fogaça, entrou para a lista de recomendados do Guia Michelin. Em seu perfil pessoal, o chef e jurado do MasterChef celebrou a conquista. "Uma grande família que trabalha com muito amor, união e dedicação!", escreveu.  

Sob a chefia de Helena Rizzo, o Maní manteve sua estrela Michelin no ano de 2024. Isso significa que o estabelecimento é uma cozinha requintada que vale a pena conhecer, com produtos de qualidade, execução claramente refinada, sabores marcantes e regularidade na realização dos pratos.  

Jurado da 10ª temporada do MasterChef, Rodrigo Oliveira também teve motivos para comemorar. Tanto o Mocotó quanto o Balaio IMS, ambos na capital paulista, receberam o selo Bib Gourmand, de restaurantes que oferecem comida de alta qualidade a preços acessíveis.  

Ex-participantes do MasterChef são reconhecidos  

Além dos jurados do MasterChef, alguns dos ex-participantes do talent show também tiveram seus estabelecimentos reconhecidos. O Paparoto Cucina, de Dayse Paparoto, em São Paulo, e o Tiara, de Rafa Gomes, no Rio de Janeiro, entraram para a lista de recomendados do Guia Michelin. Ambos foram campeões do MasterChef Profissionais.  

Tópicos relacionados