Masterchef

Sergio quis eliminar Daphne do MasterChef? Participante explica decisão polêmica

Em vídeo, representante comercial lê e responde comentários do público sobre seu desempenho no jogo

Stefani Sousa 27/09/2021 • 18:19 - Atualizado em 27/09/2021 • 19:27

Se há uma coisa que José Sergio deixou claro no MasterChef desde o primeiro dia em que pisou na cozinha é que ele não está no programa a passeio. Sincero e determinado, o cozinheiro amador fala o que pensa, age com comprometimento e encara o jogo como um trabalho.  

Seu jeito de ser nem sempre agrada a todos, mas o pernambucano já se tornou querido entre os participantes do reality. Na internet, no entanto, os comentários do público variam de acordo com o episódio. Muitos, o consideram o grande “vilão” da temporada 2021

Na semana passada, no fim da prova de eliminação, Sergio hesitou em salvar Daphne durante a votação do mezanino. Sua atitude foi vista de forma negativa por internautas que o acusaram de fingir ser amigo da skatista. A convite do Band.com, o representante comercial aceitou falar das críticas que tem recebido enquanto lê e comenta mensagens da web. Confira no vídeo acima! 

Sérgio tentou ou não eliminar Daphne? 

No momento da decisão do mezanino, Sergio explica que precisou ser bastante cauteloso para seguir seus princípios. “Acabei optando por salvar o Pedro. Não que eu quisesse prejudicar a Daphne, mas tínhamos um acordo entre os participantes de que o mezanino salvaria sempre alguém que ainda não foi salvo.”  

É por isso que, quando Raquel perguntou em quem ele votaria, o participante não pode dar outra resposta. “Como eu já tinha salvo a Daphne no 4º episódio, na prova das marmitas, quis ser imparcial e escolhido o Pedro. Mas a Daphne é uma querida [...] sou uma pessoa que incentiva ela sempre a ir em frente e jamais tramaria sua eliminação", pontua. 

Questionado por outros internautas sobre seu desempenho nas provas em grupo, Sergio garante que não é novidade ouvir que as pessoas não gostam dele na competição ou que suas atitudes são chatas. Apesar disso, ele tenta enxergar nas críticas um “trampolim” para algo positivo: “Vocês conhecem a gente na hora em que o bicho está pegando na cozinha, mas não sou vítima de nada, sou um cara comum como todos os outros, que corre pelos seus objetivos.” 

  • MasterChef