Entretenimento

Planos de saúde sofrem reajuste em 2021 e especialista critica ANS

Da Redação, com Melhor da Tarde 12/01/2021 • 18:12 - Atualizado em 12/01/2021 • 18:39

Os planos de saúde, que não foram reajustados em 2020 devido a pandemia por ordem da Agência Nacional de Saúde Suplementar, tiveram um reajuste de 8% em 2021. No entanto, muito cidadãos estão tendo cobranças acima do valor esperado. Por este motivo, o Procon de São Paulo entrará na justiça para barrar o aumento excessivo dos planos de saúde.  

Para entender mais sobre o caso o Melhor da Tarde conversou com Elton Fernandes, advogado especialista em planos de saúde, e  segundo ele, não há razões para o reajuste sendo que a sinistralidade foi baixíssima e o lucro alto demais no ano passado.

O advogado explica que é ótimo que o Procon tenha essa atitude de ir até a Justiça e, segundo ele, “se a justiça for justa” o correto é pedir para que a ANS mostre como ela chegou até esse índice de aumento extremo nos planos de saúde.

O especialista conta que é injustificável que a ANS sempre promova reajustes muito superiores a inflação e alerta que, caso os aumentos continuem dessa forma, futuramente as pessoas irão deixar de ter um plano de saúde.  

Ele lembra que falta regulação e boa vontade por parte da agência e dá uma dica aos cidadãos para que pressionem a Agência Nacional de Saúde Suplementar para que eles revejam a regra e ampliem os direitos dos consumidores.

  • melhor da tarde
  • planos de saúde
  • reajuste
  • advogado
  • critica ANS