Entretenimento

Veja quais são os signos que amam, mas costumam sabotar os relacionamentos

Victória Bravo, do Metro Jornal 17/10/2021 • 12:24
Os signos que amam, mas podem sabotar os relacionamentos
Os signos que amam, mas podem sabotar os relacionamentos
Pixabay

Alguns signos do zodíaco podem se priorizar seus relacionamentos e entregam muito amor aos parceiros. No entanto, eles também são aqueles que tendem a sabotar a felicidade do casal com atitudes complicadas. Confira quais são:


Câncer

O canceriano é muito amoroso e dedicado, mas pode aumentar dramas de forma infantil quando não está bem equilibrado emocionalmente. Ele é de sentimentos intensos e reage antes de refletir de forma mais profunda sobre as situações complexas que naturalmente aparecem. Quando passa por estas crises manipula e coloca seus sentimentos sobre o do outro, o que gera muita decepção no relacionamento.

Virgem

O virginiano investe no relacionamento de forma sentimental e prática, buscando sempre fazer o melhor. No entanto, a expectativa de manter a perfeição e ter tudo sob controle pode sabotar seus relacionamentos, uma vez que eles dão gastam muita energia em discussões e exigências que poderiam ser mais bem resolvidas com diálogos. Ao desejar a reciprocidade de forma tão fechada, este signo cria desgastes e perde a conexão natural que surpreende positivamente.

Escorpião

O escorpiano entrega muito amor e companheirismo, mas também tem sentimentos intensos que mexem com suas emoções e podem criar instabilidades quando existem problemas, o que é natural em todos os relacionamentos. Ao pensar e sentir de mais, este signo pode criar desconfianças e paranoias infundadas que desgastam a relação. Estas não são atitudes justas e quando se tornam tóxicas, não são superadas com facilidade.

Aquário

O aquariano pode amar de verdade e considerar a pessoa muito especial, mas a dificuldade de externar sentimentos de forma mais romântica e ser muito decidido quando o assunto é liberdade tende a atrair problemas. Isso acontece principalmente quando ele lida com tudo de forma pouco flexível e se fecha para não ouvir as petições do outro de peito aberto. É preciso não esquecer que o relacionamento pede esforço e acordo dos dois lados para ser equilibrado.