Fórmula 1

F1: acidentes interrompem o GP da Arábia Saudita; veja

Duas batidas em uma volta provocaram bandeiras vermelhas

Da Redação 05/12/2021 • 15:41 - Atualizado em 05/12/2021 • 18:10

Dois acidentes interromperam o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1 neste domingo (5). Mick Schumacher (Haas), na volta 8, perdeu o controle do carro e acabou batendo no muro, provocando a primeira bandeira vermelha em Jidá.

Durante a relargada, mais um acidente. Sergio Pérez (Red Bull) foi acertado por Charles Leclerc (Ferrari) e acabou rodando na pista. Logo na sequência, Nikita Mazepin, da Haas, atingiu George Russell, da Williams, que estava desacelerando. A segunda bandeira vermelha foi acionada imediatamente após os incidentes.

Depois disso, a corrida continuou sem bandeiras vermelhas, mas com bandeiras amarelas e safety car virtual por causa de incidentes primeiro envolvendo Yuki Tsunoda e depois Sebastian Vettel, o que gerou críticas da equipe da Band aos perigos do recém-inaugurado circuito em Jidá. 

Mais cedo, vale lembrar, A corrida da Fórmula 2 também precisou ser interrompida após o acidente entre Enzo Fittipaldi e Théo Pourchaire.

O GP da Arábia de F1 terminou com vitória de Lewis Hamilton e Max Verstappen em segundo. Com isso, os dois vão empatados para a última corrida do ano, em Abu Dhabi, no final de semana que vem.