Fórmula 1

Nelsinho Piquet torce por cunhado Verstappen em Interlagos: “Maioria quer ele campeão”

Holandês da Red Bull é namorado de Kelly, irmã do piloto e filha de Nelson Piquet

Da Redação, com Band Esporte Clube 13/11/2021 • 11:30 - Atualizado em 14/11/2021 • 13:02

Em Interlagos para prestigiar o Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1, Nelsinho Piquet disse que “obviamente” está torcendo pela vitória de Max Verstappen. O holandês, vale lembrar, namora Kelly Piquet, irmã do piloto e filha do tricampeão do mundo Nelson Piquet.

“A maioria aqui está torcendo pelo Max. Todo mundo está querendo ver um cara novo sendo campeão”, disse Nelsinho, que viu o cunhado ficar em segundo na classificação de sexta-feira, atrás de Lewis Hamilton, da Mercedes - o inglês acabou punido e sai em último

“Não parece fácil porque a Mercedes está muito rápida, mas conversando com o Max ele falou que, se a temperatura subir bastante, isso pode ajudar nesta briga e tirar esta diferença que vimos na primeira classificação”. 

Em entrevista ao Band Esporte Clube especial direto de Interlagos, Nelsinho, piloto da Renault na F1 entre 2008 e 2009, também falou sobre a atmosfera da corrida no Brasil. “Até o sol apareceu e a pista está linda. Não tem nem o que falar. É uma emoção diferente”.

Grande Prêmio de São Paulo (horários de Brasília)

Sábado (13)
11h50 - Treino livre 2 - ao vivo no Bandsports 
16h - Corrida sprint - ao vivo na Band, Bandsports, Bandplay e site da Band

Domingo (14)
13h30 - Corrida - ao vivo na Band, Bandplay, BandNews FM e site da Band
19h - VT da corrida - Bandsports

Onde assistir?

Ao vivo na tela da Band e online no Bandplay e no band.com.br, com narração de Sérgio Maurício, comentários de Reginaldo Leme, Felipe Giaffone, Max Wilson e Rubens Barrichello e reportagem de Mariana Becker. 

Grid:

Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Mercedes), Charles Leclerc e Carlos Sainz (Ferrari), Max Verstappen e Sergio Pérez (Red Bull), Lando Norris e Daniel Ricciardo (McLaren), Lance Stroll e Sebastian Vettel (Aston Martin), Fernando Alonso e Esteban Ocon (Alpine), Pierre Gasly e Yuki Tsunoda (AlphaTauri), Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), Mick Schumacher e Nikita Mazepin (Haas), George Russell e Nicholas Latifi (Williams).